Rui Santos e a sua agenda

https://twitter.com/i/broadcasts/1YpKkZvjLEExj?t=JKRBLAhBGIzdWFo00XKF6A&s=09

Depois de se ter esquecido que, a exemplo do FC Porto, também o SLBenfica e o Sporting foram recebidos pela Câmara Municipal da sua cidade. Realmente, é uma agenda que mais parece um queijo suíço….

Zaidu: Desculpa!

Caro Zaidu,

Eu sei que tu não me conheces de lado nenhum. Eu apenas te conheço de te ver a jogar com a camisola do meu clube, o FC Porto. E, enquanto tal, fartei-me de te criticar. Muito. Fosse no blogue Aventar, nas “Conversas Vadias” ou no meu facebook. Sem dó nem piedade. É verdade, Zaidu, não fui meigo.

Tu pertences a uma vasta linhagem de jogadores que só Deus saberá o porquê, foram (são) escolhidos pelo meu clube sem que ninguém perceba: Manafá ou Carraça, por exemplo. No teu caso foi do Mirandela para os Açores e daí para o Porto em menos de um piscar de olhos. Para substituir uma lenda: Alex Telles. É verdade que corrias que nem uma gazela. Mas os centros…os passes….as marcações….a forma como parecia que a bola te queimava nos pés….nada jogava a teu favor. E eu fui um dos que não perdoei. Depois veio um tal de Wendell cheio de pergaminhos e eu pensei que a coisa estava resolvida. Não estava. Bem pelo contrário. De repente, dei por mim a gritar: foda-se, mete o Zaidu. A partir daí, a minha opinião ficou mais moderada. Mas negativa.

Até ontem, Zaidu. Ontem tu foste o herói improvável. É verdade que andavas a prometer, nos últimos jogos, fazer o gosto ao pé. Mas contra o Benfica, no terreno do eterno rival, com um golo que decidiu o 30º título? Ao minuto 94? Com o estádio de pé a gritar “coiso, coiso, coiso”? Nem nos melhores sonhos molhados!

O teu golo não foi um estalo, foi uma lostra. Uma gigantesca lostra na cara de muitos que, como eu, te consideravam o patinho feio da nossa equipa. Ontem, Zaidu, ganhaste o teu lugar na história do FC Porto, o teu lugar no nosso museu, o nosso eterno respeito e consideração. E no meio da festa, aos microfones do Porto Canal, do fundo do teu coração, com toda a raiva contida até ontem soltaste um grito que calou fundo na nossa alma: TRABALHO! Muito trabalho. E é por isso que, meu caro Zaidu, estou hoje que nem Egas Moniz, com a corda ao pescoço e aqui, publicamente, a pedir-te DESCULPA!

 

F C Porto!

O Arquivo Mitrokhin: o PCP e a rede do KGB em Portugal

A invasão da Ucrânia pela Rússia veio demonstrar a muitos portugueses a verdadeira face do PCP. Os mais surpreendidos com todo o enredo do Partido Comunista Português ainda hoje se interrogam do porquê das posições pró Rússia do PCP. Contudo, em 2015, o jornal Expresso tinha divulgado os pormenores do chamado Arquivo Mitrokhin no tocante às ligações do PCP com o KGB e a Rússia desde os idos da URSS. A coisa passou um pouco despercebida da opinião pública uma vez que a chamada “opinião publicada” estava pouco interessada em levantar “grandes ondas” sobre o partido comunista ou não fosse ele o sustentáculo do governo socialista à época.

Os documentos do Arquivo Mitrokhin possuem inúmera documentação dedicada a Portugal, no período entre 1974 à 1982. Em 1980 o “chefe” do KGB em Portugal era liderada por Yuriy Semenychev, oficialmente o 1º secretário da embaixada. Era mais de uma dezena de operacionais que ocupavam diversos cargos na embaixada russa em Lisboa. O Arquivo cita, entre outros, Boris Kesarev, Viktor Nesterov ou Viktor Gundarev.

[Read more…]

O ciclismo, a W52-FCPorto e o Doping

Em miúdo gostava de ciclismo. Não perdia uma Volta a França ou a Portugal na televisão e achava o esforço que os ciclistas faziam uma coisa de outro mundo. Até um dia. O dia em que se descobriu que o enorme Lance Armstrong, o ciclista que me fazia vibrar, afinal corria dopado. Para mim foi o ponto final na credibilidade do ciclismo.

Nos últimos anos, fruto da minha paixão pelo FC Porto, voltei a olhar para o ciclismo mas sempre desconfiado. Não fosse o diabo tecê-las. Até que, na semana passada, mais coisa menos coisa, dou de caras com as notícias sobre doping na W52 Quintanilha – FC Porto. Envergonhado, encolhi os ombros e pensei: não vale a pena, o ciclismo morreu de “morte macaca” há uns anos e não volta mais. Confesso, nem duvidei da notícia até pelo envolvimento da Polícia Judiciária na coisa. Até que….

Esta semana sou surpreendido com a notícia de que as análises ao sangue e urina dos ciclistas da W52-FCPorto foram enviadas para um laboratório em Barcelona, um dos mais prestigiados do mundo e o resultado foi: tudo e todos absolutamente limpos! Até o passaporte biológico! Diz quem sabe que a coisa foi fruto de uma denúncia. Certamente, anónima. Ora, no ciclismo e com o historial dos últimos anos na modalidade, não é difícil acreditar em tais denúncias. Eu, perante as notícias, nem hesitei em acreditar. Como as grandes dores são mudas, nem piei.

A questão agora é outra. O nome da W52 Quintanilha e o nome do FC Porto foram manchados. Por uma precipitação das autoridades. Será que a coisa não podia ter sido feita com o recato devido e depois, só depois, perante os resultados reagir? É que as parangonas de ontem passaram, salvo raras excepções, a meras notas de rodapé hoje. Como e quem vai reparar o bom nome dos atingidos? Como é costume em tudo quando toca ao FC Porto, primeiro atiram e só depois perguntam. E no final, pelo menos neste caso, o FC Porto e a W52 Quintanilha por tabela ainda tiveram sorte: as análises foram enviadas para um dos melhores laboratórios do mundo. Uma sorte não ter sido num qualquer local esconso….

Pegasus – Espionagem à moda do 007

Aqui por Espanha anda uma valente escandaleira por causa do sistema de espionagem de seu nome “Pegasus”. Resumindo: os telefones de alguns dos dirigentes independentistas da Catalunha, do próprio Pedro Sánchez (Primeiro-ministro de Espanha) e da sua ministra da defesa foram alvo de espionagem, de escutas através deste sistema Pegasus. No caso dos independentistas da Catalunha, o “Catalangate”, a coisa alegadamente foi realizada pelos serviços secretos espanhóis. Já no caso dos membros do governo espanhol, alegadamente, a coisa foi feita pelo governo de Marrocos.

Ora, o sistema de espionagem Pegasus foi criado pela empresa israelita NSO Group e pelo que se vai sabendo, vários governos por esse mundo fora chamam-lhe um figo e toca a usar a coisa. Este sistema permite espiar qualquer pessoa desde que esta tenha um telemóvel e esteja o dito ligado ou desligado conseguem ouvir e ver tudo. Neste LINK pode ver o que é, o que faz e, diz o La Vanguardia, até pode qualquer um dos leitores verificar se este software já está instalado no seu telemóvel.

Será que em Portugal já é utilizado? Fica a pergunta…

É a Economia, estúpido…..

Uma espécie em vias de extinção….

Mais um oligarca russo que morreu. Andrei Krukovsky, diretor-geral do resort de ski de Krasnaya Polyana gerido pela Gazprom, morreu aos 37 anos após cair de um penhasco em Sochi. Circunstâncias do acidente ainda não são conhecidas.

Os rumores e o Alexandre Guerreiro….

Será que é desta que acerta? Já passaram umas valentes horas e a CMTV ainda não disse nada nem colocou a mota em directo. Eu sei que até um relógio parado está certo duas vezes por dia mas….

Uma doença que é de todos

Sara Abrantes Guerreiro era Secretária de Estado da Igualdade e Migrações do actual governo. Pediu para sair por motivos pessoais. Para evitar boatos, o Presidente da República, publicamente e perante os diferentes Órgãos de Comunicação Social explicou que tal se deveu a questões de saúde da própria. A forma como o disse e a expressão facial do PR foi clara e notória para que todos, TODOS, percebessem que era uma coisa séria, grave e profundamente pessoal.

Num país decente, numa comunicação social decente, numa sociedade decente o assunto terminava imediatamente. Ali, naquele momento. Mas não. Nalguma comunicação social, nas redes sociais, na sociedade em geral o assunto não terminou. “Pois, foi mas é por causa de Setúbal” ou “as desculpas que arranjam para disfarçar”. Isto não é apenas intolerável. É, sobretudo, maldoso. Uma filha da putice. De uma sociedade que está doente.

Uma indignidade.

Tesla: Da insanidade

Foi através de ANLeite que vi este gráfico. É a insanidade total dos chamados mercados. Vai ser um belo de um estouro. Vai.

The Mystery of Marilyn Monroe – Netflix

A Netflix acaba de lançar mais um documentário, agora sobre a morte de Marilyn Monroe e as suas ligações com a familia Kennedy. Não é “a última bolacha do pacote” mas está bem feito. Muito graças ao material de arquivo que mostra (algum dele inédito). É a América no seu melhor e no seu pior.

É preciso desnazificar, diziam os russos….

Israel demands apology after Russia says Hitler had Jewish roots | Reuters:

https://www.reuters.com/world/middle-east/israel-denounces-lavrovs-hitler-comments-summons-russian-ambassador-2022-05-02/

A história não se repete, dizem….

Estas imagens são de 1941. Em Nova Iorque. Agora é só substituir Hitler por Putin…

Ufa, não está fácil….

….mas amanhã vou ver o Sporting sentado. #SomosPorto.

Entretanto, o Zé Pagode continua….

(Foto Ilustração: Vítor Higgs)

….a pagar a orgia das elites do burgo: “Medina prevê despesa de quase 300 milhões com restos de bancos falidos”, segundo o DN.

E de que bancos estamos a falar? BANIF e BPN. São como as pilhas da Duracell, “e duram, duram, duram”.

Entretanto na Irlanda do Norte…

Sinn Féin pode vencer as eleições….

O desnorte do PCP

A notícia é da CNN. A realidade é o desnorte total do PCP. Um desnorte que começou a ser visível quando alguns autarcas do partido começaram a contrariar a narrativa oficial do Comité Central no que concerne à invasão da Ucrânia e que agora se materializa no facto de Jerónimo dizer uma coisa e o seu autarca outra.

Depois do desastre nas últimas legislativas, a hecatombe com a Guerra na Ucrânia. O Livre e o Bloco esfregam as mãos de contentes esperando pelos votos deste eleitorado. Não sei porquê mas só me lembro de citar Cunhal: “Olhe que não, olhe que não”….

Podem fechar a net por hoje

Igor Khashin: o espião de Setúbal

Vou citar o aventador Carlos Garcez Osório na sua página de Facebook:

“É este o espião russo, obviamente comunista, de seu nome IGOR KHASHIN que tem “colaborado” com o gabinete que recepciona os Refugiados Ucranianos que procuram a Câmara Municipal de Setúbal (CDU) aproveitando para sem qualquer pejo os interrogar conforme bem entende. Ah, no tal gabinete trabalha a sua Mulher cuja contratação foi claramente resultado de mérito próprio e não como as mentes mais perversas vão sugerir, consequência da influência do Marido. Pois. Basta “googlarem” o seu nome para começarem a perceber a dimensão do escândalo e do esquema que putin patrocinou em Portugal”.

O MNE já expulsou o espião? O MP já iniciou o competente processo? O Presidente da CM Setúbal já se demitiu? Ou será que Portugal é uma república das bananas?

O PCP não pode ser sinónimo de filhos da puta, não pode!

Isto é tão obsceno, tão vil que não quero acreditar que semelhante filha da putice foi feita pelo PCP de Setúbal. Não pode ser verdade. A ser, para além da imediata expulsão destes russos de Portugal, é urgente demitir este presidente de câmara e iniciar um novo processo eleitoral autárquico em Setúbal. Isto não pode ser verdade:

https://expresso.pt/sociedade/2022-04-28-Ucranianos-recebidos-por-russos-pro-Kremlin-em-Camara-comunista-09fd4bca

Será Jorge Moreira da Silva o que o PSD precisa?

Em fevereiro escrevi sobre o futuro do PSD tendo presente a direita e as direitas (Aqui e Aqui). De entre várias coisas, escrevi isto:

Ora, o PSD não percebeu que o nascimento e a afirmação da Iniciativa Liberal mataram, de vez, a possibilidade do PSD continuar a ser o albergue espanhol de todas as correntes do centro direita e da direita. Como antes escrevi, os liberais não voltam ao PSD. Por sua vez, os conservadores em todas as suas vertentes não são social democratas. E o PS, enquanto casa dos social democratas, não vai desbaratar esse capital que, como bem sabem, lhe é fundamental eleitoralmente. Por isso mesmo, o caminho do actual PSD é a afirmação do PPD como a casa do centro direita e da direita não conservadora nos costumes deixando para o CDS ou para o que dele resta os conservadores “tout court”. A maioria absoluta do PS e de António Costa é uma oportunidade de ouro para a transformação do PSD. E será um erro e um suicídio de o actual PSD se dedicar a escolher simplesmente um líder em vez de debater o futuro – debater o futuro é compreender o que resta do PSD, o que realmente representa e para onde quer ir para ser uma alternativa credível aos olhos dos portugueses“.

Só hoje tive tempo suficiente para ler a entrevista de Jorge Moreira da Silva, candidato à liderança do PSD, ao Diário de Notícias. Depois de um discurso de apresentação demasiado longo mas muito bem estruturado e detalhado, esta entrevista veio confirmar a primeira boa impressão que tive. E todos sabem que não há uma segunda hipótese para uma primeira boa impressão. Nesta sua entrevista, a dado momento, Jorge Moreira da Silva afirma: “O PSD precisa de fazer duas coisas. Uma é reposicionar-se ideologicamente como um partido que tem de abandonar a conversa do centro, da esquerda e da direita. Esses pontos cardeais estão completamente ultrapassados. O PSD tem de ser um partido à frente, não tem de ser um partido que se posicione como centro, centro-esquerda, ou como direita, essa é uma conversa datada. Temos de ser o partido que agrega os reformistas, essa é a marca identitária do PSD, capacidade de reformar, de ousar, de ultrapassar obstáculos. O partido que integra os sociais-democratas, mas também os liberais-sociais. Julgo que esta forma de definir o PSD nos cria condições para captar muito facilmente as expectativas que as pessoas têm. A segunda questão é a organização interna. Como disse, gostaria que o PSD fosse conhecido como o partido mais moderno de Portugal, que utiliza a inteligência artificial, que utiliza o big data, que tira partido das tecnologias digitais, que substitui a lógica meramente residencial pela lógica temática. Eu sou do PSD de Famalicão, mas se calhar os meus filhos preferiam ser do PSD Ambiente, do PSD Saúde, ou do PSD Educação”.

[Read more…]

E é isto….

Jornal da tarde da rtp 1. O repórter passou o tempo todo da reportagem a dizer que não podia revelar o local onde estava por motivos de segurança. Nem a que distância estavam os combates…os colegas de Lisboa…acharam que deviam ser mais rigorosos….

Alemanha e a Guerra na Ucrânia – uma entrevista

Invasão da Rússia destruiu muitas crenças de longa data na política externa da Alemanha

Janis Kluge é investigador político e economista da Stiftung Wissenschaft und Politik (Berlim) e deu uma entrevista ao DN. Merece uma leitura atenta.

A música de Rammstein é vinho de outra pipa…

Foi preciso que, na Base Aérea de Rammstein, Alemanha, o Secretário de Defesa dos EUA, Lloyd Austin (no  Encontro de Líderes do Exército) estivesse presente para o governo alemão retomar o esforço europeu em prol do armamento do exército ucraniano.

Depois de semanas e semanas em que as elites políticas alemãs não queriam ceder, a exemplo do que aconteceu com o famoso Nordsteen 2, bastou a palavra de um alto dirigente americano para tudo mudar. Ou seja, só os EUA conseguem impor o que quer que seja aos dirigentes políticos alemães. Fica a pergunta: porque será? Responda quem saiba…

Eleições em França: Ler os sinais

Le Pen ganhou no eleitorado dos 18 aos 50. Só a partir daí Macron conseguiu vencer. É só perceber os sinais. Ou mudam as políticas ou os franceses vão acabar a entregar o poder ao lado negro da história.

Depois não culpem o eleitorado…

Viva o 25, sempre!

Viva o 25 de Abril porque nos abriu a porta da liberdade, da democracia. Viva o 25 de Novembro porque iluminou o caminho da mesma. Viva. Sempre.

Eleições em França: Respirar de alívio por mais uns anos….

Macron vence com 58% dos votos e a Europa suspira de alívio. Por mais uns anos. Muitos? Se as coisas não mudarem, não serão muitos….

O AL e a decisão do STJ

O Supremo Tribunal de Justiça decidiu, através de um acordão, que não é possível existir Alojamento Local (AL) em prédios de habitação (frações autónomas de imóveis constituídos em propriedade horizontal destinadas a habitação).

Esta decisão pode representar uma verdadeira mudança no sector. A verdade é que o AL foi (e é) muito importante na reabilitação dos centros históricos das cidades. Porém, vieram criar um novo problema: a falta de habitação para arrendamento (e a preços condignos). Um bom exemplo é o que se está a passar aqui, em Maiorca (Ilhas Baleares, Espanha): a falta de habitação para os trabalhadores está a causar problemas gritantes de falta de mão de obra no sector do turismo. Estabelecimentos comerciais que nunca fechavam passaram a ter de fechar um dia por semana por falta de trabalhadores. E porque falta mão de obra? Porque os trabalhadores não conseguem arrendar um simples apartamento pois quase todos estão destinados a Alojamento Local. E os poucos que sobram estão a valores exorbitantes. E a solução não é, ou não pode ser “apenas”, o Estado construir habitação.

O turismo é importante? É. Mas não existe sem trabalhadores. Não existe sem cidades, sem territórios equilibrados.

Vontade….

…..de vomitar. O PZP continua rumo ao abismo