Fraude em Mesão Frio 2:

O caso de Mesão Frio, que o Aventar denunciou em primeira mão (AQUI) e que foi um dos temas da imprensa online e da televisão HOJE, demonstra o grau zero da nossa política.

 

São inúmeros os casos relatados na queixa apresentada pelo PSD local. Num deles, ao que o Aventar apurou, foram ultrapassados todos os limites: um idoso, em estado vegetativo e sem o consentimento da respectiva família, foi levado a votar pela funcionária da Santa Casa da Misericórdia de Mesão Frio, funcionária que é mulher de um dos candidatos do Partido Socialista. Por sua vez, o Provedor da Santa Casa foi candidato pelo PS.

 

Não sei o que vai decidir o Tribunal Constitucional mas gostava de saber o que pensa o Secretário-geral do Partido Socialista sobre o assunto e, já agora, a opinião dos responsáveis da Santa Casa. É para isto que o dinheiro dos nossos impostos vai, aos magotes, para a Santa Casa?

Comments

  1. maria monteiro says:

    é “normal” que as senhoras, que se dedicam de forma voluntaria a acompanhar e visitar doentes e idosos se disponibilizem também para os acompanhar no cumprimento dos outros deveres enquanto cidadãos… em 2005 eu questionei uma irmã (freira) quando a vi acompanhar uma doente psiquiátrica a exercer o seu dever (bom nunca tinha visto a Júlia (doente) tão bem vestida e tão calma….)…

Deixar uma resposta