A obra pela obra (3)


Ainda o concelho de Soure como exemplo da obra pela obra. Esta rotunda tem, no círculo central, vinte e cinco metros de diâmetro. Está numa estrada municipal com pouco trânsito e na outra estrada que chega à rotunda chega trânsito local. Serão algumas dezenas os carros que aqui passam por dia. Conheço bem o cruzamento que aqui existia e sei perfeitamente que não precisava desta rotunda, ainda para mais gigantona como esta.

[Read more…]

A obra pela obra (2)

Em estradas sem passeios, as novas passadeiras servem para atravessar de valeta a valeta. Mesmo quando os peões são poucos e os carros idem. Passando pelo concelho  de Soure, muitas são as passadeiras nestas condições.  Servem para quê? Quanto custa cada exemplar da obra pela obra?

A obra pela obra (1)

A estrada que atravessa o Pranto, em direcção à Vinha da Rainha, no concelho de Soure, foi objecto de obras. Uma das mais belas estradas do concelho foi decapitada da sua beleza.

[Read more…]