À vossa!

Festejou hoje os seus 10 anos a Loja de Comércio Justo do CIDAC – o Centro de Intervenção para o Desenvolvimento Amilcar Cabral. Uma associação que foi criada no espírito da luta pela liberdade e pela justiça no tempo da ditadura do Estado Novo, actuando em particular através da produção e distribuição de informação clandestina contra a guerra colonial.

Em todos estes anos, a gente do CIDAC trabalha abnegadamente e sempre no limiar da existência, realizando alguns projectos de desenvolvimento nos PALOP e, sobretudo, trabalhando na Educação para o Desenvolvimento e no Comércio e Desenvolvimento.

Lá está a loja, com produtos oriundos de muitos lugares e vendidos a preço justo; lá estão as pessoas que há muitos anos se dedicam a defender e a praticar um modelo de comércio diferente e, com isso, um modelo de sociedade e de mundo diferentes.

Admiro profundamente e solidarizo-me com estas pessoas que há tantos anos mais não fazem do que praticar aquilo de que o mundo precisa, as pessoas que deveriam ser reconhecidas e recompensadas pela luta que travam em prol do bem comum e do planeta.

É doloroso e revoltante ver que quem há décadas denuncia os erros de funcionamento desta maquinaria dominada pelas multinacionais e por governos rasteiros só precariamente sobrevive, enquanto os predadores do planeta enchem os bolsos, e o destroem.

PARABÉNS CIDAC!     

Comments

  1. JgMenos says:

    Pela descrição mais justo será dizer ‘preço à justa’.
    Se assim querem, assim tenham.

    • POIS! says:

      Pois está claro!

      Tomem lá e não bufem!

      Não querem ter lucros, é? Querem dar o vosso dinheirinho aos agricultorezinhos subdesenvolvidos que quanto mais ganham mais gastam? Francamente!

      Isto não pode ficar impune!

      Estas monstruosidades têm de ter consequências!

  2. ~CC~ says:

    Parabéns CIDAC…e além de justa, é tão bonita a loja.
    ~CC~

Trackbacks


  1. […]  https://aventar.eu/2021/11/27/a-vossa/ […]

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.