Gajos que merecem um AVC

João Luís Pinto, de preferência sem Varifene no mercado.

Depardieu, o belga

Gérard Depardieu não quer pagar impostos, logo decidiu mudar-se para a Bélgica, ou mesmo obter um passaporte russo oferecido pelo seu amigo Putin.

Gosto muito de Depardieu, enquanto actor, mas como bom celiniano tenho a enorme vantagem de distinguir o artista do canalha que por vezes nele habita. A obra, obrigado pela obra, vai lá para a Bélgica (onde certamente tiveste milhões de espectadores, fizeste centenas de filmes, ganhaste a tua imensa fortuna, etc, etc.).

Já que estamos no território do politicamente parvo, só espero que se estabeleça mais longe da fronteira francesa, em plena Flandres. E escute Brel, muito Brel (que por razões de higiene civilizacional outros fizeram o caminho inverso):