Ficar doente é coisa de malandro

O orçamento de estado é uma espécie de merda e talvez seja a hora da Renova fazer uma colecção especial indo, por higienicoexemplo, buscar inspiração ao Relvas ou ao Gaspar.

Não, juro!

Não estava a pensar no que, nos respectivos, se segue ao recto. A minha reflexão ia mais de encontro às palavras que tais personagens debitam com frequência excessiva. E ia, fundamentalmente, encontrar os actos desta gente que nos rouba, fazendo de conta que nos governa.

Uma das medidas já em vigor vai fazer com que qualquer um de nós fique sem salário nos três primeiros dias de atestado. Se tiver uma gripe, um acidente, um azar (por definição as doenças quase nunca são um caso de sorte, mas enfim…) lá vem o ladrão buscar mais uns trocos. [Read more…]