Nada mau para um país governado por comunistas e bloquistas

aplauso

Enquanto o veredicto da agência de terrorismo financeiro canadiana não chega, falemos sobre a mais recente aparição do Diabo no paraíso à beira-mar plantado. Apesar do silêncio dos devotos da Igreja do Neoliberalismo da Catástrofe dos Últimos Dias, Portugal foi em peregrinação aos mercados internacionais na passada Quarta-feira, em busca de perdão, salvação e financiamento, e colocou 1250 milhões de euros em Bilhetes do Tesouro a 3 a 11 meses, tendo conseguido um juro de -0,012% no prazo mais baixo e 0,006% nos títulos que vencem em Setembro de 2017. Nada mau para um país a braços com um novo PREC, em processo acelerado de sovietização.

Foto: José Coelho/Lusa@RTP

Pela mão de Mário Draghi

PSD barretes

Propaganda@Facebook PSD

Uma vez mais, o PSD aproveitou uma situação para a qual a sua contribuição foi nula para fazer propaganda eleitoralista. O insuspeito Diário Económico cita Filipe Silva, director da gestão de activos do Banco Carregosa, que nos explica que “este movimento é, acima de tudo, o resultado do plano de compras de activos do BCE“. Ou seja, lá andamos nós de mão dada com o papá Mario Draghi. Ser um protectorado tem destas coisas. Podia ser pior.

Dimitri comenta emissão de dívida de Passos e Gaspar