Exemplos

sport2

O Sport Club do Porto inicia hoje a sua participação internacional no Eurohockey Women’s Club Champions Challenge III, no Parque da Cidade.

sportPara que nada falhe nesta première, todos no clube atingiram os limites. A começar pelo topo da estrutura: Rui Mesquita, distinto advogado da cidade, e Paulo Barros Vale, destacado empresário, respectivamente vice e presidente do clube, não enjeitaram apoio e até deram uma mãozinha, ao testarem a segurança dos mastros onde serão suspensas as bandeiras institucionais.

E não é que não lhes caíram os parentes na lama?!

Entretanto, Márcio Marques, que comandaria a equipa, está em Atenas a defender a baliza da Académica de Espinho. Ele já deu o mote: venceu o primeiro jogo, contra os campeões da Eslováquia.

Melhores exemplos não podiam ter as senhoras que logo, às 18h00, defenderão em campo a camisola do Sport!

Márcio Marques: A minha figura

Armindo de Vasconcelos

Ainda não se perderam os ecos da vitória total da selecção portuguesa de hóquei em campo no Europeu júnior do Jamor e a granjeada promoção ao Championship II, cujo campeonato Portugal irá disputar em 2014, defrontando, em função dos resultados da prova que decorreu em Cernusco (Itália), a Rússia, Ucrânia, Itália e Suíça. Áustria e Polónia ascenderam ao Championship, a elite europeia. República Checa e Bielorrússia foram os últimos classificados e serão despromovidos ao Championship III. De 26 de Agosto a 11 de Setembro, terá lugar a verdadeira prova da alta-roda do velho continente em Den Bosch (Holanda,) e os últimos, ao serem despromovidos, serão também adversários de Portugal.

Mas a minha figura de hoje é o treinador adjunto da equipa nacional. Que me perdoe o Rui Graça (com quem fizemos, aliás, um trabalho aqui publicado), o enorme respeito que nutro por ele, a grande e velha amizade que nos une, mas, hoje, eu quero falar de Márcio Marques.

Faço-o porque o Márcio é uma referência na modalidade. Como muitos outros, eu sei, que se desdobram em múltiplas actividades, em sacrifícios plurais, para não deixar cair uma modalidade de que gostam muito e que só tem pernas para andar se os seus agentes assumirem essa pluralidade de trabalhos e sacrifícios, suores e renúncias, de doação extrema. [Read more…]