Confirma-se: era apenas para ir ao bolso

hipocrita

A preocupação com a saúde dos portugueses era, como já sabíamos, mera hipocrisia. Porque se fosse sincera, começaria por se proibir o uso de silicone em produtos alimentares (!!!) e baniria os hidrogenados da comida industrial de uma vez por todas .

Sem vergonha na cara, agora afirmam que vão a outro lado buscar os 300 milhões de euros em falta. Em política não vale tudo, lembram-se, ó tristes?

vagas de fundo fosfatado

large

O portentoso Costa dos desastres urbanos diz que vai  mas não vai e afinal apenas avisa. Deve estar à espera de conseguir uma daquelas vagas de fundo ao estilo da Nazaré. No entanto, a notícia que mais interessa ao comum transeunte das nossas escalavradas calçadas, é a má nova acerca do bacalhau fosfatado. A escória bruxelesa nada mais tem em que pensar senão nos beneficíos a conceder às indústrias de venenos da Alemanha, Suécia, Holanda, Finlândia e Dinamarca. Isso mesmo, tudo não passará de mais ganância sobre ainda maior ganância.

Quando em boa hora levámos a cabo a Restauração de 1640, os nossos amigos da onça batavos, de imediato decidiram exigir a península de Setúbal como compensação pela paz. Queriam o sal, vá-se lá saber porquê…

Insossos por decreto

film strip - sal no pão

Mais: The Portuguese way.

Imagem de fundo: Creative Food Sculptures.

The Portuguese way

Entra hoje em vigor a lei que impõe limites ao teor de sal no pão.  Como se escreve no editorial do Público, «países como a Inglaterra ou a Finlândia conseguiram bons resultados apenas com campanhas, sem nenhuma lei, mas Portugal, que tem por hábito inventar leis para tudo, aprovou mais esta». O fim é de salutar mas os meios para lá chegar são discutíveis.

Será certamente por decreto que lá vamos. O facto de actualmente quem quiser comer pão sem sal o poder fazer sem problemas não tem importância. Urge, isso sim, uma lei de costumes à boa moda do Socialismo. Porque, como se sabe, o proletário é ignorante e precisa do Estado-Papá para lhe dizer o que pode ou não pode levar à boca.