Pandas

Em 1998   após um referendo , e pela primeira vez desde o inicio do Sec. XVIII  , a Escócia voltou a ter um Parlamento  . Foram logo estabelecidas as regras para as futuras eleições    de maneira a impedir que qualquer partido obtivesse uma maioria absoluta , pensando sobretudo no Scottish National Party (SNP)  que , para os defensores da União , vinha aumentando de popularidade de forma preocupante .

Porém em Maio de 2011 , e sob a liderança de Alex Salmond , para muitos o mais brilhante , sagaz e astuto politico do ainda Reino Unido , o SNP obteve uma retumbante vitória e a tal julgada impossível maioria . E fê-lo prometendo ao eleitorado  referendar a independência da Escócia   , quase certamente em Junho de 2014 . A escolha da data é tudo menos inocente , pois  será nessa altura que se comemoram os 700 anos da famosa batalha de Bannockburn e a vitória do pequeno exército Escocês , comandado por Robert the Bruce , Rei da Escócia , sobre uma muito mais poderosa força Inglesa .

É verdade que o First-Minister Salmond propunha que nesse futuro referendo constassem além do Sim ou Não à independência , uma terceira alternativa que seria algo de intermédio , uma “devolução máxima” dos poderes do Parlamento de Westminster ao Parlamento de Holyrood  ; tudo suficientemente vago que permitisse negociar e negociando manter a integridade do Reino Unido . [Read more…]