Detenham-me se acham que já ouviram isto antes

Como o primeiro-ministro inglês, David Cameron, insiste em dizer que adora a banda The Smiths e tem até o desplante de escolher uma canção favorita, “This Charming Man”, Johnny Marr foi obrigado a responder-lhe em público: “Pára de dizer que gostas dos Smiths, não gostas nada. Proíbo-te de gostares dos Smiths”. (Claro que fui eu a optar pelo tratamento por tu na tradução, como sabem o inglês marimba-se para essas distinções ou, tal a dificuldade de optar, prefere não enfrentar esse problema).

Também Morrissey, que optou por viver num mundo onde a causa mais importante é o bem-estar animal e as pessoas se reduzem a servidoras desse bem-estar, juntou-se à indignação do seu antigo parceiro e rejeitou a preferência de Cameron porque o primeiro-ministro “caça e mata veados – aparentemente por prazer.” É sintomático que, com tantas razões para estar contra as políticas dos conservadores britânicos, seja com os bambis que ele está preocupado, mas com quem escreveu “Heaven knows I’m miserable now” não consigo zangar-me, terá sempre o agradecimento reconhecido da minha ainda não esquecida adolescência. [Read more…]