Querido páisinho

Bilhete encontrado na secretária do Senhor Presidente e ilustre Administrador desta Empresa, que lhe deve ter caído das mãos quando se sentiu mal ao lê-lo e que aqui se traz a despacho:

“Querido páisinho:
Estou muito felis a Dona Açunção Cristas dice que quem não tem nota para entrar na univercidade púbica pode entrar se pagar uma tacha com dinheiro que o páisinho tem muito e o meu quaze não xega para a gasolina do Proche a mâesinha já dise que está bem e queria muito ter um filho dôtôr e assim e tá dezerta para me ver de kapa e batina e essas coisas eu sei que o páisinho tabém porque era melhor eu entrar na empreza do páisihno com um cruso suprior e eu não tenho notas proque os porfeçores não gostão de mim e teem inveja do meu carro e das minhas rôpas e isso que eu bem sei e agora todos entram na univrecidade menus eu e eu até já dice a eles que eles podem ter notas na páuta mas tenho notas no bolço á á á já ovi dizer que o que a senhora dona Cristas axa é parecido com o PAN porque açim até um camelo pode ser dôtôr mas é tudo inveija o paizinho pagame aquele dinheiro para eu entrar na univrecidade não paga? obrigado paisinho agora é que eles vam ver que eu não sou buro nenhum ã ã ã. De certeza que hádes fazer isso com já fizestes doutras veses.
Beiginhos páisinho estou tam contente !!!
Benardo”

Comments

  1. anticarneiros says:

    Boa malha !

    Pode parecer ridículo, mas o que os do Taxi queriam era mesmo isto para os seus meninos.
    Alias foi no que o idiota de Boliquem fez quando criou as Universidades privadas. E reparem que as U. privadas que se criaram com o apoio dele, foi só na área das tretas, que precisavam do mesmo suporte tecnológico que as escolas primarias tinham há 50 anos: um quadro e 1 pau de giz
    Universidades nas áreas técnicas que era o que o País precisava, não foram criadas porque isso custava dinheiro
    Para alem de dar emprego aos amigos dele nas área do direito e economia, no seu partido PPD/PSD,

    • Fernando Manuel Rodrigues says:

      O interessante é que a maioria dos alunos das universidades privadas é de famílias remediadas ou de posses medianas.

      Os filhos da classe alta andam quase todos na Universidade Pública, sobretudo nos cursos onde são precisas notas mais altas para entrar (os que não vão estudar para fora, claro).

      Lamento destruir-lhe as ilusões.

      • Democrata_Cristão says:

        Desde quando o CDS se preocupou alguma vez com as classes remediadas, a não ser nos slogans eleitorais.
        Aí, no marqueting eleitoral, ate dos reformados se “preocupou”

      • Rui Naldinho says:

        Há-de tentar comprovar isso com dados credíveis, que eu ainda não consegui descortinar nada, que me provasse esse mito. De facto isso não passa de um mito, vendido ao gosto de alguns.
        Isso para mim é como os rankings das escolas. Cada caso é um caso. Uma escola privada no Porto ou em Lisboa, tem resultados muito superiores aos das escolas privadas da província, que bastas vezes ficam ao nível das do público. Deve haver uma razão, apesar de ambas serem privadas?
        Quanto aos remediados, já agora, defina-me para Portugal, um patamar para remediado. A classe média em Portugal tem um espectro muito largo. Tão largo que maioria das vezes lá cabe o empregado e o patrão, da mesma empresa. Pequena ou média empresa, onde o empregado, mesmo ganhando razoavelmente, declara tudo, e o patrão, que até consegue ganhar o mesmo ordenado que o empregado, declara a empregada doméstica como funcionária da empresa, o carro dele e da mulher como carros de empresa, as despesas do carro, da casa, etc, etc… Contudo, estão todos no mesmo saco da classe média.

        • Fernando Manuel Rodrigues says:

          Já vi que para si tudo o que não se enquadra na sua “visão” é mito. Por isso não vou perder tempo. Se quer saber mais, informe-se. As fontes estão à sua disposição por todo o lado, assim queira. Faça como eu fix – pesquise.

          Mas como também não acredita em “rankings”, acho que não irá acreditar em nada que não encaixe na sua narrativa. Como diz o povo: “Não há maior cego que aquele que não quer ver”.

          Sobre os ditos “patrões”, nem vou sequer falar. O seu discurso é de tal forma generalizador e preconceituoso que se derrota a si mesmo.

      • Paulo Marques says:

        É quase como se a pobreza – ou a falta de riqueza, conforme a perspectiva – tivesse impacto na segurança, atenção e educação que se pode dar aos filhos desde pequenos. Não, a hereditariedade da classe social é um disparate, claro…

  2. Julio Rolo Santos says:

    Está espetacular o artigo e não sei mesmo se não corresponderá a verdade. De Assunção cristas tudo é de esperar quando se trata de ajudar os “desfavorecidos” com dificuldades em sustentarem o Porche lá de casa e da cambada de chulos que lá habitam. Assim cristas facilmente chegará a primeira ministra, mas só se for do Ilhéu das Berlengas.


  3. Olhem só ao que o CDS chegou. Reduzidos a competir com o PAN.
    “a senhora dona Cristas axa é parecido com o PAN porque açim até um camelo pode ser dôtôr”

  4. JgMenos says:

    A dor de corno pelo dinheiro é praga que em permanência aflige a esquerdalhada.

    Tadinhos…

    • abaixoapadralhada says:

      O Cruz contabilista é que lida com o dinheiro dos trouxas dos clientes e fala da dor de corno pelo dinheiro.
      Bandido nazi

    • contra_tadinhos says:

      E eu que julgava que o Menos era apoiante do PSD.
      Mas agora parece que está aflito por causa da Dona Cristas e seus penduras, coitadinhos deles, que vão ter que trabalhar para os próximos anos.
      Tadinhos das meninas e dos meninos Democratas Cristãos. Dizem eles……

      Trabalhar ???????

  5. JgMenos says:

    A dor de corno é o cimento maior da esquerdalhada.
    A ideologia é só para dar à coisa um ar mais decente: em vez de invejosos dizem-se explorados; em vez de treteiros dizem-se indignados; em vez de cornudos dizem-se vitimados.

    • abaixoapadralhada says:

      “em vez de invejosos dizem-se explorados;”

      E outras perolas do Sr Cruz contabilista

      Fala por ti, nazi envergonhado

    • Nascimento says:

      Está-te a referir à tua família? Aquilo deve ser um must lá em casa… só para sair da cozinha estrumeira) ,é tudo a desviar os chifres. E tu? bem ,só para entrares no carrito… oh pá! e o tecto do popó? Vai lá, vai…cuidado com o peso dos ditos, ainda apanhas algum torcicolo, no teu caso, Bocal!!!

      • Nascimento says:

        Estou-me a referir ao MENOR, o mais rançoso rato de camisa castanha que por aqui anda…entendido?Os Outros são mais ” finórios”…

        • JgMenos says:

          Vejo que te toquei num ponto sensível, Nascimento.
          Fazia-te com a cornadura mais robusta.

          • Nascimento says:

            Sensibilidade é comigo… e, nem tu imaginas meu filho da P.

          • JgMenos says:

            Noto-te tímido, Nascimento, não estás na tua natural bruteza.

  6. Alguém says:

    Ler isto para se perceber as falácias da sô dona Procissão Cristas.

    https://ladroesdebicicletas.blogspot.com/2019/08/o-mrito-segundo-cristas.html


  7. Conceição Cristas exige ser Primeira-Ministra porque pode pagar.

    • Democrata_Cristão says:

      Alias o CDS exige fazer parte de um Governo Sombra dos que têm dinheiro para pagar.
      Mas para isso não é preciso alterar nada, apenas se exige mais competência e menos demagogia

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.