Apoio político

António Costa, Fernando Medina e André Ventura, três políticos juntos no apoio à recandidatura de Luís Filipe Vieira.

Comments

  1. Alexandre Barreira says:

    ….com jeitinho….até o Rui Pinto “marcha”…..!!!

    • dragartomaspouco says:

      O Pinto Junior, dá o seu apoio ao Pinto Sénior, também conhecido gansgter da nossa praça.
      Mas esse tem o dinheiro da Galp, Amorim e Isabelinha

  2. Rui Naldinho says:

    Discordo completamente deste apoio. Como discordo de todos os outros. Isto é infelizmente a nossa verdadeira essência como povo. Sempre “justos e tolerantes com os nossos”, sempre “justiceiros e inquisidores com os outros”. A Justiça, essa palavra vã, bem como a independência e equidistância, que se danem. Cego mesmo é só a estátua. O resto é só folclore.
    É bem verdade que depois de ver Pedro Santana Lopes, presidente da Câmara de Lisboa, era na altura recandidato à mesma, Durão Barroso, então 1.° Ministro de Portugal, ambos adeptos do Sporting, a apoiarem Manuel Vilarinho, com aquela cena patética do ex presidente do SLBenfica, a mandar um valente “malho no chão”, depois de um almoço bem regado, quando tentava chutar uma bola de futebol para uma baliza improvisada, para mim está tudo explicado.
    Não me admira nada, mas mesmo nadinha, que os juizes de direito, deste Portugal encantado, seja qual for a instância, ao julgarem crimes de corrupção, peculato ou qualquer outro, que metam clubes de futebol, venham também a pesar na balança o seu amor clubista em desfavor da verdade e acima de tudo da justiça.
    E querem vocês agora que um dia sejamos como os países mais desenvolvidos?
    Como se isso fosse possível, se nós mesmos não queremos mudar nada.

    • António de Almeida says:

      António Costa afirmou algumas semanas atrás, que os seus ministros têm vida privada, mas quando se sentam na mesa do café, não podem esquecer a condição de ministros. É caso para dizer, olha para o que digo, não olhes para o que faço…

      • Rui Naldinho says:

        António Costa parece ser bem menos inteligente do aquilo que eu próprio intui em tempos sobre ele. Deve pensar que os Lisboetas e os Portugueses em geral, com excepção de alguns otários que votam nele às cegas, como votam noutros, da mesma forma, se revêm nesta forma de fazer política.
        Eu já aqui escrevi várias vezes. O PS, seja no contexto de Lisboa seja a nível Nacional, pode esperar sentado por uma maioria absoluta na próxima década.
        Não a terá, por estas e outras razões bem conhecidas.

        • António de Almeida says:

          Este apoio de A. Costa a LFV, a confirmar-se, mas ontem foi anunciado e até agora que saiba, não foi desmentido, pode estar relacionado com a candidatura de Ana Gomes e seu público apoio a Rui Pinto. Só que LFV pode vir a tornar-se num activo tóxico. Se A. Costa e F. Medina não se demarcarem e desmentirem que fazem parte dos apoiantes do actual presidente do SLB, pagarão politicamente no futuro pelo facto, os seus adversários internos e externos irão apresentar-lhes a factura. Caso desmintam o apoio, estarão a colocar em xeque LFV, não se percebendo como poderia a candidatura avançar com o nome dos políticos como apoiantes, sem o serem…

  3. Ana A. says:

    Ainda bem que eles se comportam como simples mortais que são, atreitos a paixões e sem o devido “cuidado” de as mascararem para obter dividendos. Assim, podemos aferir melhor a qualidade das personagens e tirar as conclusões que se impõem!

    E, quanto a pretensas maiorias absolutas (daqui ou dacolá)… vade- retro!!

  4. Bento Castro says:

    O populismo é a arma dos politicos incompetentes.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.