Manuela Ferreira Leite anuncia o fim de Passos Coelho nas manifestações de 15 de Setembro

Manuela Ferreira Leite considera que a manifestação do próximo sábado é uma «legítima reação das pessoas» e revelou que «ainda é cedo» para confirmar se vai estar presente.

«Desde que sejam manifestações pacíficas, eu acho que podem demonstrar aos poderes públicos que as pessoas não aceitam determinado tipo de medidas», afirmou, em entrevista à TVI24.

Depois de Passos Coelho na sexta, e Vítor Gaspar ontem, terem mobilizado para as manifestações de sábado, só faltava Manuela Ferreira Leite (e Cavaco Silva por tabela) juntarem-se à já longa lista  de personalidades da direita inteligente na preparação do velório que se inicia este sábado.

É claro que MFL se está a posicionar para presidir a um governo de iniciativa presidencial (cada vez mais Portugal e Grécia seguem o mesmo percurso). É óbvio que a inteligência e algum bom senso não chegam para mudar de rumo. Mas pelo menos Relvas terá uma oportunidade para ir estudar, livramo-nos de um governo que conseguiu ultrapassar Santana Lopes em imbecilidade pura, e Portugal ficando mais asseado demonstra dar pouco tempo à estupidez e incompetência em estado puro.

15 de Setembro vai estar para Passos Coelho como o 12 de Março esteve para Sócrates. Saindo à rua enquanto povo, espero que com a mesma tranquilidade, lembramos porque somos o único país independente da Ibéria (precisamente num dia em que as manifestações decorrerão por toda a península), com o detalhe de numa ter estado gente do PSD e nesta ser óbvio que vai aparecer gente do PS, e pelos vistos também do mesmo PSD. Não me incomoda absolutamente nada. A política é isto, juntam-se pessoas muito diferentes quando o que está em causa é a salubridade pública. Todos temos nariz, todos sofremos com o mau cheiro.

Já são 26 manifestações em 26 cidades, pode consultar a lista aqui.