Exame de Língua Portuguesa do 4º ano

Crato e os conservadores, saudosistas de um passado que não pode voltar, pregaram hoje mais um prego no caixão em que estão a embrulhar a Escola Pública e a Educação em Portugal.

Mais de cem mil alunos realizaram hoje o exame da 4ª classe, agora mais conhecido por Prova Final do 1ºciclo do Ensino Básico (pode consultar a prova em formato pdf: Caderno 1 | Caderno 2 | Critérios.

Sobre a prova haverá certamente gente mais qualificada para comentar, mas há dois aspectos que importa salientar e que são mais um exemplo da ignorância de quem procura gerir estas coisas:

– deslocar as crianças de 9 e 10 para a escola dos grandes é um esforço que não acrescenta nada, não valoriza o processo e que cria desigualdades;

– a desconfiança em relação aos docentes do 1ºciclo – impedidos de vigiar a realização das provas – é um insulto que eu não deixo passar em branco. Talvez o intelectual que decide estas coisas considere que todos os docentes do 1ºciclo são eticamente do seu género, mas, permita-me que lhe sugira que está enganado. Muito enganado, mas do alto da sua ignorância não entende isso, pois não?