A contra-colonização angolana soma e segue

A filha do ditador está de volta e acaba de comprar a Efacec.

Da ignorância da nossa burguesia

18261013_Zoihj
Descubro pelo José Simões que os nossos parolos, a malta da patronal, andam a viralizar isto, um erro, dizem eles.

No princípio era o verbo, ó analfacoisas.  Isto é um verso, um belo verso, até a poesia popular ultrapassou há muito a fase das quadras. Mas não lhes podemos exigir que lá cheguem, ainda pensam que o hino da mocidade é um poema.

Efacec é o novo alvo dos nepotistas angolanos

mais uma potencial aquisição do regime ditatorial Dos Santos, com o alto patrocínio de 24 milhões de angolanos permanentemente espoliados.