Desculpe, foi você quem pediu para ficar de cócoras?

 751099

Ponto prévio: nunca despi um(a) polícia nem o(a) pus de cócoras. Desconheço, por isso, que pena teria de cumprir se o fizesse.

Outro ponto prévio: já andei pendurado em eléctricos. Felizmente, não nas Mercês, por isso, nunca nenhum(a) polícia me despiu ou pôs de cócoras. Desafio, aliás, qualquer dos meus pares a jurar que nunca andou pendurado em eléctricos, ou, pelo menos, não teve essa tentação, que não concretizou por medo, apenas… [Read more…]

O país do faz de conta – mais um take

Segundo o JN, 35 policias meteram baixa médica em protesto contra a pena de prisão aplicada aos colegas que agrediram barbaramente um estudante alemão em Lisboa.

Tenho para mim que os bons policias devem estar a aplaudir esta pena. Os bons policias preocupam-se com o prestigio da sua profissão e com a confiança dos cidadãos, não tendo objecções à punição dos abusos que tanto têm afectado a imagem das polícias portuguesas. O facto de existirem polícias a protestar contra aquela pena é extremamente preocupante. Desprestigia as forças policiais e adensa o véu de desconfiança que sobre elas se abate.

No entanto, há uma outra questão que me preocupa: as baixas são fraudulentas, e somos nós que as pagamos. A facilidade com que 35 policias da mesma esquadra as obtiveram é aterradora. Faz o país parecer uma verdadeira república das bananas.

Assim, questiono: Vai mais esta passar impune? Não acontece nada aos médicos que passaram estes atestados? Não acontece nada aos policias que dolosamente lesam o Estado desta maneira? Assim, não vamos lá.

%d bloggers like this: