Este é o problema, tudo o resto é conversa sem valor

Cantinas sociais. A sopa já não chega para tantos pobres

«Pão para todos»

Já disse aqui que gosto de algumas crónicas de Frei Bento Domingues. Transcrevo uma passagem interessante e sublinho ideias tal como faço no jornal de papel:

Jesus não alinhou nem com o regime de austeridade de João Baptista, nem com o estilo de vida do rico avarento. Gostava da vida, de comer e de beber, como toda a gente que tenha os sentidos bem apurados. Até lhe chamaram glutão e beberrão (Lc.7 e 16). Não suportava ver uns à mesa e outros à porta. Era a partir dos excluídos que encarava a transformação da sociedade (Público, 29/7).

 Jesus  – quanto mais não seja, enquanto figura histórica para a maioria – devia ser um exemplo para os políticos.