Se calhar, é melhor pararem

Como é sabido desde o Fado do Kilas, cantado pela Lia Gama, “os que ainda andam na mó de cima/têm que saber que a roda não pára/e fatalmente o fim se aproxima/a vida não pára“.

O relógio também não.

pára

Sim, apesar do prometido, o ‘objectivo‘, felizmente, mantém-se.

objectivo

Alhures, cinco anos e quase um mês depois, verificamos que [Read more…]