Este texto de Joana Mortágua não faz qualquer sentido

A propósito destas declarações do ministro da Educação, Joana Mortágua escreveu:

Os professores não estão de férias, nenhum trabalhador está. Mas nas escolas, como em todos os setores, ninguém deve ser mantido no seu local de trabalho desnecessariamente.

Há uns anos, dediquei alguns minutos a este assunto (aqui e ali) no Facebook. Efectivamente, em português europeu, setor é uma palavra bem definida (aqui, ali e acolá). De facto, sendo setor aforma de tratamento usada em Portugal pelos alunos dos ensinos básico e secundário para designar os professores”, o resultado em português europeu do texto de Joana Mortágua é este:

Os professores não estão de férias, nenhum trabalhador está. Mas nas escolas, como em todos os professores, ninguém deve ser mantido no seu local de trabalho desnecessariamente.

Isto é, o texto de Joana Mortágua não faz qualquer sentido.

Foto: Alexandre Azevedo/Sábado (http://bit.ly/33jYrDw)

Nótula pessoal: Sim, JJC, hoje apeteceu-me uns aqui, ali e acolá, aqui e aqui, etc.

***

Problema n.º 2: Armando Gama

Resolvido o problema n.º 1, descubra agora, nestes dois parágrafos, as três palavras escritas com os pés pela redacção da FLASH:

Armando Gama viu a sua vida dar uma volta de 180 graus depois de ter sido acusado, pela mulher, de violência doméstica. O cantor de 65 anos viu-se obrigado a sair de casa e perdeu os trabalhos que tinha como pianistas em hotéis, que recusam dar trabalho a um músico associada a um crime que anda na ordem do dia.

Enquanto o processo não é julgado, Armando Gama tem medidas de coação para cumprir: não pode contactar com a ex-mulher Bárbara Barbosa, que terá confessado a amigos ter receio de se cruzar com o músico.

SOLUÇÃO: [Read more…]