Extra! Extra! O Expresso revela tudo sobre o caso Panamá

Lamento, o título deste post é falso. A edição deste sábado não traz uma única chamada à capa sobre o assunto. Morreu, sem sequer ter nascido. Jornalismo de referência, dizem.

Bilhete do Canadá: Capitalismo liberal

Vai um aranzel e peras nas tvs cá deste lado do mar.

Nos Estados Unidos, a Apple, a Microsoft e a General Electric têm perto de 2 triliões de dólares escondidos através da loja do Panamá.  Estão sem pagar ao fisco do seu país uma pipa de massa. Deve ser por isso que, em oposição a Obama, os republicanos gritam que o país não aguenta um serviço nacional de saúde universal e gratuito.  Trump e a rapaziada fina do clube dele é o que dizem.

Mas há mais: já foram detectadas 50 companhias dos Estados Unidos que gastam anualmente 20 biliões de dólares a sustentar lobbies, que são aquelas fábricas de luvas para oferecer a políticos, jornalistas e ofícios correlativos.

São Capitalismo liberal, sem regras, é mesmo ordinário.

E por ordinário, então o SOL lá fechou?