As mentiras da propaganda contra a retenção

Voltámos Às Contas De Merceeiro Do Antigamente

Comments

  1. Ana A. says:

    Vistas as coisas, assim, pelo lado economicista, e dando como certas essas contas (que parece que não são), talvez seja melhor o pessoal conter-se, e não procriarem a torto e a direito, que os seus rebentos podem ser uma carga de trabalhos p´rás contas dos senhores governantes…

    Haja paciência!

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.