Podemos começar primeiro pelos rendimentos?

A manha é conhecida: arranjar desculpas para aumentar os impostos. Mas se é para comparar, comecemos pelo outro lado, o dos rendimentos. Ou a hipocrisia não o permite? A pergunta é retórica.

Comments

  1. Paulo Marques says:

    Bruxelas diz que não.

  2. JgMenos says:

    É sempre a mesma conversa:
    – para sacar, seguem-se os melhores exemplos
    – para servir, é só desculpas e treta avulsa

    • Paulo Marques says:

      Que não há dinheiro? Concordo em absoluto, um disparate.

      • Anonimus says:

        Para o Novo Banco e CGD? Então não há.

        • Paulo Marques says:

          Esse é para a gente séria da finança, aquela que nunca acerta com as contas, mas acredita na realidade certa.