Os fatos unidos jamais serão vencidos

Driver: Where to, sir? Où désirez-vous aller?
Prisoner: Take me to the nearest town.
Driver: Oh, we’re only the local service.
Prisoner: Take me as far as you can. Why did you speak to me in French?
Driver: French is international.

The Prisoner (1)

And you can find that. And you’ll know it. You’ll just know. Dah dah dah. If you’re connected with your inner ear. Otherwise you’re meandering nowhere.

Steve Vai

***

Efectivamente, em vez de tergiversarmos, convém centrarmo-nos naquilo que é importante.

Apresentado o exemplo, resta-nos esperar que os proponentes resolvam rapidamente esta confusão.

Desejo-vos um óptimo fim-de-semana.

Nótula: Agradeço o titulo ao leitor POIS!.

***

Comments

  1. POIS! says:

    Pois, então,…

    …muito obrigado, mas o seu a seu dono: a palavra de ordem “Os fatos unidos jamais serão vencidos” é a insígnia da “Ordem dos Alfaiactes”, agremiação centenária que, recentemente, foi envolvida em polémica: descobriu-se que o bastonário, de seu nome Romeu Jaleca e a bastonária da “Ordem das Modistas”, Julieta Saiote, vivem em união de fato. O fato foi muito mal recebido pela classe dos alfaiates, que receiam a divulgação de segredos da profissão, mormente a exposição da costura de ponto invisível.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.