Finalmente, Daphne Caruana Calizia

Primeiro-ministro de Malta cede à pressão e vai demitir-se

Comments

  1. Julio Rolo Santos says:

    É inevitável a demissão do primeiro ministro de Malta quando a desconfiança aumente relativamente ao envolvimento do governo no assassinato da jornalista que denunciou a corrupção generalizada e ao mais alto nível. Quem denúncia, sugeita-se, infelizmente. Em Portugal, há quem denuncie a corrupção que existe e em grande escala, e espera-se que, aos denunciantes, não se dê o mesmo destino da jornalista. Infelizmente, temos quem conviva bem com a corrupção e com os corruptos. A nossa justiça está muito aquém do que se lhes exige também no combate á corrupção.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.