Problemas domésticos

Todos saberão que Trump está a meio de um processo de destituição. Nada de novo. Há provas claras do que ele fez, mas que pouco efeito terão num Senado controlado pelo seu partido, mais preocupado em manter o poder do que com esses antiquados conceitos a que chamavam de lei e decência.

O lado preocupante dos problemas domésticos dos presidentes americanos é que estes tendem a alastrarem-se a outras nações por via da guerra levada a cabo fora de casa. Foi o que agora se passou com o ataque ordenado por Trump ao Irão. E o mesmo se passou com anteriores presidentes, tais como Bush e a invenção das armas químicas no Iraque ou o ataque de Clinton ao Iraque, também, aquando da sua destituição.

Mesmo face a este padrão de ataques para desviar a atenção, Trump consegue ser pior, devido ao lado errático e, sobretudo, narcísico das suas decisões.

Como exemplo, soube-se agora um episódio, de finais de 2017, sobre o conflito com a Coreia do Norte. Trump tentou evacuar todos os civis dos EUA da Coreia do Sul, apesar dos avisos do Pentágono de que tal movimento poderia desencadear uma guerra com o Norte, de acordo com um novo livro.

As alegações são feitas pelo autor e especialista em segurança americana Peter Bergen em “Trump e os seus generais: O Custo do Caos”, que foi publicado no mês passado.

Independentemente disso, o presidente teria ordenado: “Façam-no!” Bergen escreveu que os funcionários do Pentágono ignoraram a ordem e que Trump acabou por desistir dessa ideia.

Sobre o Irão, ao contrário do que Obama conseguiu com o acordo histórico sobre o programa nuclear iraniano, acordo esse desfeito pelo actual presidente logo que tomou posse, Trump age como um pavão que faz ameaças sobre as retaliações que irá fazer caso o Irão opte por retaliar.

Os chineses e os russos devem estar a bater palmas às sucessivas cambalhotas que o rival dá no palco internacional onde eles querem tomar a dianteira.

Haverá um tempo em que o poder económico e moral dos EUA será cinzas do que outrora fora. A esta potência apenas restará a força das bombas. Trump tem antecipado, e muito, a sua chegada.

[cartoon]

Comments

  1. JgMenos says:

    Que Trump seja um perigo público e um triste espectáculo no desempenho do seu cargo, não deve levar a que se ignore a jihad iraniana que alastra por todo o Médio Oriente.
    Daí que o fim do general dessa jihad seja boa notícia.

    PS: bem sei que que o inimigo principal – EUA – é comum à padralhada do Irão e à esquerdalhada progressista. Coincidências não totalmente inesperadas nestas questões religiosas.

    • Paulo Marques says:

      Qual Jihad e qual fim? Qual questão religiosa, o Trump segue a bíblia em quê?
      Deixa a droga.

      • JgMenos says:

        Lê devagarinho!
        Parece-te que associei o Trump a ‘esquerdalhada progressista’?

        • Paulo Marques says:

          Ah, bom, os religiosos são quem defende quem não se pode defender. Porreiro, pá, só é pena ser isso que vem na bíblia.

  2. Lu Pisarro says:

    Parabéns Trump!!!!!!
    Aqui qualquer um articulista acha que pode falar o que tem na cabeça.
    Ou seja… NADA.
    Por que será que a esquerda se junta, gosta e admira somente os que não prestam, como o Irã?
    Cuba
    Venezuela
    Coréia do Norte
    Rússia
    Etc…
    Ah! Em tempo… Não precisa responder porque todos do bem já sabem.
    “São iguais em suas maldades e pensamentos”
    E contra nós, cristãos.
    Mas nunca vencerão, porque quem veio ao mundo nos salvar lutará por nós e ganhará a batalha final.

    • José Peralta says:

      Parabéns, lu…lu !

      Tens razão ! Aqui há uma prática democrática, que permite que lulus como tu, falem do NADA que lhes vai na cabeça !

      “Mas nunca vencerão, porque quem veio ao mundo nos salvar lutará por nós e ganhará a batalha final” ?

      Para a tua “salvação” deves estar a a contar com a “firma” bolsonaro, pai e filhos & c.ª (i)limitada) !

      E também com a “ajuda” da iurd, essa “digna” associação de “benfeitores” do multimilionário e extorsor edir macedo…

      Ora vê lá bem, se tens o pagamento do dízimo em dia ! Porque se falhas, a tua “salvação” bem está fo**da !

      • Rui Naldinho says:

        A Lulu é evangélica, não é da IURD.
        O Brasil está recheado de pérolas destas. É por estas e por outras como estas, que aquele país nunca sairá da mediocridade.
        Mas a culpa é nossa. Só nossa. Só exportamos anedotas.
        Depois dá nisto.

    • Paulo Marques says:

      Bom, se ele vem lutar por nós, estou descansado, estava preocupado que seria mais uma geração a servir de carne para canhão para logo ser abandonada à sorte, mas se é o todo poderoso que vai lutar, está tudo bem, imagino que nem precise de matar civis e tudo. Só não percebo é porque é que o todo-poderoso não pode matar canalhas à distância e evitar o caos geo-político, se calhar gosta de ter uma mão atrás das costas para dar mais luta, porque também é todo-aborrecido depois de 6 milénios.

    • Paulo Marques says:

      Ó Luzinha, até me passou o óbvio, os líderes da Rússia e da Coreia do Norte são grandes amigos da tangerina, tal como o rei do grande bastião cristão que é a Arábia Saudita. Até isso te passa ao lado.

  3. Paulo Marques says:

    Golpe de génio, acabou de inviabilizar uma invasão do Irão pois o parlamento iraquiano acabou de aprovar a expulsão de militares estrangeiros. Boa sorte a fazer alguma coisa a partir desse grande aliado democrata-cristão que é a Arábia Saudita.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.