Também quero saber o que se passou, mas tudo o que se passou…

Alguma esquerda, em particular a folclórica, protesta contra os órgãos de comunicação social, em particular os que se dedicam a analisar fenómenos criminais, pelo facto de não noticiarem o suposto assassinato de jovem cabo-verdiano em Bragança, por habitantes locais.
Concordo em absoluto, mas quero saber os factos todos, não apenas parte da história, contada a partir de determinado ponto. O que terá levado uma dezena de cidadãos a espancarem outro? Terá sido um problema de cor de pele? Terá existido alguma acção ou ameaça prévia, por parte da vítima que motivou e exacerbou a reacção dos agressores? É frequente em Portugal, grupos de pessoas espancarem alguém apenas por ser diferente? [Read more…]

Problemas domésticos

Todos saberão que Trump está a meio de um processo de destituição. Nada de novo. Há provas claras do que ele fez, mas que pouco efeito terão num Senado controlado pelo seu partido, mais preocupado em manter o poder do que com esses antiquados conceitos a que chamavam de lei e decência.

O lado preocupante dos problemas domésticos dos presidentes americanos é que estes tendem a alastrarem-se a outras nações por via da guerra levada a cabo fora de casa. Foi o que agora se passou com o ataque ordenado por Trump ao Irão. E o mesmo se passou com anteriores presidentes, tais como Bush e a invenção das armas químicas no Iraque ou o ataque de Clinton ao Iraque, também, aquando da sua destituição.

[Read more…]