Negacionismo

da Grande Mentira. Basta seguir a argumentação de geometria variável.

Comments

  1. Paulo Marques says:

    Nem uma referência aos judeus? Fraquinho.
    Como é que a maioria dos portugueses vão resistir a nada mudar na sua vida? É, de facto, difícil.

  2. Tuga says:

    Negacionista eu ?
    Eu sou aquele esclarecido .

  3. Fernando Manuel Rodrigues says:

    Já não há pachorra para o “covidismo”…

    Nos anos anteriores, por esta altura, já tínhamos as urgências inundadas de caos de gripe, e mortes às dezenas. Mas parece que a gripe foi, mais uma vez, erradicada. Ninguém contrai gripe, ninguém é internado por gripe, ninguém morre de gripe, agora. Nem sequer uma constipaçãozinha apanham.

    Agora é só Covid…

    • Paulo Marques says:

      Até parece que as máscaras e o distanciamento limitam a transmissão de infecções respiratórias! Na, loucura.
      Mas engana-se, médicos e enfermeiros também usam internet, já os há nas urgências, porque, compreensivelmente, tá tudo farto disso.

    • Carlos Almeida says:

      ” Ninguém contrai gripe, ninguém é internado por gripe, ninguém morre de gripe, agora. Nem sequer uma constipaçãozinha apanham.”

      As doenças respiratórias como gripe (“influenza” a que os ingleses simplificadamente chamam “flue” e outras doenças virais que se transmitem pelo nariz têm mais dificuldade de se propagar se as pessoas estiverem mais afastadas uma das outras e se as bocas e narizes estiverem protegidos por mascaras. Como estes vírus estão em fase endémica têm ainda mais dificuldade de encontrar novos hospedeiros para se alojarem e multiplicarem
      Não me parece difícil de perceber

    • Tuga says:

      “Já não há pachorra para o “covidismo”…”

      Mais um “cientista” do Facebook

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.