Em memória de Frédéric Leclerc-Imhoff

Frédéric Leclerc-Imhoff

Era operador de câmera. Tinha 32 anos. Trabalhava para o canal BFM TV. É mais uma das vítimas às mãos da tirania putinista, na Ucrânia. O jornalista francês fazia-se transportar numa caravana humanitária, quando a mesma acabou bombardeada pelo exército russo.

A todos os jornalistas e foto-jornalistas que se encontram a cobrir situações de guerra e que vêem, todos os dias, os seus direitos subjugados às mãos dos imperialismos – silenciados ou mortos -, a minha solidariedade.

Ao Frédéric, um brinde.

Comments


  1. Um tristeza. Ainda há pouco tempo foi a jornalista palestiniana baleada por aqueles criminosos sionistas.


  2. Uma tristeza. Ainda há pouco tempo foi a jornalista de origem palestiniana assassinada por criminosos sionistas.

  3. João Cabral says:

    Então também não era nazi este? Ó diabo.

  4. Joana Quelhas says:

    Maio e Putin a mesma luta… abaixo o imperialismo yanke.

    Joana

    • POIS! says:

      Ora pois, ó Juannna!

      Quwelhass e Talibãs a mesma luta…abaixo os comunas.

      Quwelass e Daesh a mesma luta…abaixo o marxismo cultural.

      Quwellass e Putin a mesma luta…abaixo a ideologia de género.

      • Quelhas, Menos & barreiro-Separados à nascença says:

        Quwelhass, Meno卐 & barreirini, a mesma luta.
        Não fossem todos eles do género Troll.

    • João L Maio says:

      Um gajo escreve “abaixo os imperialismos” e a “Joana” Queillas lê “abaixo os EUA!”. Foi você que disse! Eu falei de imperialismoS.

      • Joana Quelhas says:

        Pois é, mas não consegues disfarçar.
        Quando im comuna diz abaixo imperialismos que dizer abaixo os EUA.
        Quando um comuna diz Liberdade quer dizer Liberdade de Poder obrigar os demais a comportarem-se como eles pensam… etc…
        Nesta altura temos que dissimular não é ?
        Quem quiser perceber estes tipos recomendo como entrada Tomas David Schuman .

        Joana

        • João L Maio says:

          Falso, seu dissimulado. Quando um gajo de esquerda (para ti são todos comunas, à esquerda) diz “abaixo os imperialismos” quer dizer “abaixo a prepotência de EUA, Rússia, China e UE”, mas como para ti há imperialismo bom e imperialismo mau, é natural que sejas intelectualmente incapaz e inábil.

        • POIS! says:

          Pois parece-me que a Quewelhass…

          Tem lá um dicionário que traduz o que os outros não dizem, mas queriam ter dito, mas não disseram, mas era isso que queriam não dizer em vez de dizerem o que queriam.

          É um dicionário Português-Quelhês

        • Miguel says:

          Quando uma fascista do tipo Quelhas vem defender a liberdade, o que ela quer defender é a liberdade de perseguir “comunas” e a “esquerdalha”, mas claro que não o pode dizer e tem de dissimular. É óbvio.

        • Paulo Marques says:

          Quer dizer que devíamos considerar o que ganhamos em ser intermediários e fantoches de terceiros, que morte é morte, seja das balas, seja da fome e do frio.
          E que, das duas uma, ou anda tudo a mentir, ou é tudo mesmo incompetente para não perceber desde o início o custo, que mal começou, do que ainda não tem objectivo e, sendo assim, também não pode ter estratégia.

  5. Joana Quelhas says:

    “Gostei” desta noticia no jornal fascista Observador:

    Crianças sabem menos, ministro celebra “o sucesso”

    Agora que a pandemia tornou mais evidentes as desigualdades sociais no ensino, o ministro da Educação celebra “o elevador social a funcionar” – e ignora escolas transformadas em fábricas de ignorantes.

    E eu acrescento :Ignorantes da sua própria ignorância.

    Joana Quelhas

    • POIS! says:

      Pois o problema de Vosselência, ó Quwellhass…

      É “gostar” de todas as notícias nos jornais fascistas Observadores.

      Sem lhe interessar se têm ou não fundamento. Porque isso dá muito trabalho.

      Mas estou de acordo numa coisa: realmente deve haver escolas transformadas em fábricas de ignorantes.

      Porque Vosselência é um produto acabado de alguma dessas unidades de produção. E de elevada qualidade, por sinal.

      Em matéria de ignorância Vosselência dificilmente tem rival.

      E eu acrescento: é ignorante até da sua própria ignorância.

    • João L Maio says:

      “Joana”, pode comentar quando, como e o que lhe apetecer. É bem-vinda aqui no blogue, mesmo que frequentemente seja para destilar diarreia e doença mental da sua parte.

      Peço-lhe uma coisa, até porque está nas regras do blogue: não faça Spam. Esse comentário pode ser assunto, mas não é desta publicação. Publique-o no Facebook, mande-o aos seus colegas no whatsapp… mas não faça spam aqui, se isso nada tem a ver com a publicação em causa.

      Obrigado.

  6. sep---50---50 says:

    Guerra da Ucrânia:
    – mais um exemplo de uma campanha de propaganda pró-negociatas da máfia do armamento.
    Adiante.
    .
    Muitos ucranianos já perceberam que Zelensky, e seus boys, são mercenários pseudo-patriotas da máfia do armamento.
    Mais: a máfia do armamento anda a enviar mercenários (não ucranianos) para a Ucrânia.
    .
    Mais do mesmo:
    – gurus da NATO em conluio com mercenários de Zelensky… protagonizaram um festival de ameaças/provocações à Russia…
    –>> Tudo acompanhado por um silêncio cúmplice de «líderes» ocidentais.
    .
    Sim: muitos mercenários pseudo-patriotas, ao serviço das negociatas da máfia do armamento, têm enfiado ‘n’ guerras ao cidadão europeu.
    .
    .
    O Ocidente que fale, isso sim, é em:
    -> CRIAR CONDIÇÕES…. PARA QUE OS POVOS NÃO INTERESSADOS EM VENDER AS SUAS RIQUEZAS A MULTINACIONAIS… POSSAM VIVER EM SEGURANÇA NO PLANETA.
    .
    NATO!?!
    Se em vez de falar em guerra… o cidadão de Roma da União .Europeia tem introduzido uma coisa óbvia (leia-se: TAXA TOBIN!) a guerra da Ucrânia (e outras) nunca teriam acontecido!
    .
    Sim: a Taxa Tobin é uma mensagem de paz para o povo da Russia, e para o planeta
    (povos autóctones a explorar as suas riquezas) .
    .
    Sim sim:
    -> o Ocidente XX-XXI possui um largo historial… que é mais do mesmo:
    – inúmeras revoluções/guerras fabricadas pelo Ocidente XX-XXI culminaram exactamente, inevitavelmente, no mesmo resultado: a exploração de riquezas passou a ficar na posse de multinacionais Ocidentais.
    .
    —> A Taxa Tobin seria utilizada:
    – para a formação de pessoal técnico e de… empresas autóctones.
    (seriam estas empresas, e não as multinacionais Ocidentais, a explorar as riquezas autóctones)
    .
    Sim sim sim:
    -> não são empresas russas… mas sim, multinacionais Ocidentais, que andam por aí a explorar as riquezas de outros povos.
    .
    .
    .
    A ARMADILHA DE ZELENSKY/GURUS’ DA NATO
    .
    A NATO dispunha de armas de alta tecnologia… com capacidade de provocar elevados danos no exército russo…
    Pois… e a guerra seria também… uma oportunidade para as multinacionais fazerem compras no caos da Ucrânia.
    Portanto…
    era necessário provocar a Russia no sentido de intervir…
    .
    Depois de Putin decidir intervir… gurus do Ocidente fizeram uma festa:
    – «Depois da guerra da Ucrânia, a Rússia ou será um súbdito da China ou um futuro membro da União Europeia».
    .
    Mais:
    – depois de provocar a Russia no sentido de intervir… o Ocidente procurou isolar a Russia:
    -> “todos unidos no saque a um território imenso”
    [um território imenso com apenas 140 milhões de habitantes]
    .
    .
    .
    .
    DEVOLUÇÃO DE TERRITÓRIOS/RIQUEZAS ROUBADAS A POVOS AUTÓCTONES!
    Putin!?!
    O cidadão de Roma da União Europeia fala em Putin para desviar as atenções…
    .
    Sim:
    – o Ocidente possui um largo historial (de muitos SÉCULOS) de roubo de territórios, e de saque de riquezas, a povos autóctones (da América do Norte, do Sul, etc).
    [o europeu-do-sistema ambiciona fazer aos russos aquilo que foi feito a povos autóctones da América do Norte, do Sul, etc]
    .
    .
    .
    .
    Em oposição ao cidadanismo de Roma que reina no Ocidente… A RUSSIA PODERÁ SER LÍDER DO MUNDO LIVRE:
    – povos que não estão interessados em vender as suas riquezas a multinacionais.

  7. Joana Quelhas says:

    “-> o Ocidente XX-XXI possui um largo historial… que é mais do mesmo:
    – inúmeras revoluções/guerras fabricadas pelo Ocidente XX-XXI culminaram exactamente, inevitavelmente, no mesmo resultado: a exploração de riquezas passou a ficar na posse de multinacionais Ocidentais.”

    Ora cá está um “compagon de route” do Maio, do Mendes, e seus fieis guardiões de fila a dizer aquilo que eles dissimulam.
    Quase 3 horas passadas do post, e nem uma criticazinha, nada!
    Então, um que diz que as multinacionais exploram ( no sentido pejorativo do termo) as riquezas dos outros países…e conclui para gáudio dos mesmos que :
    “RUSSIA PODERÁ SER LÍDER DO MUNDO LIVRE: ” nunca será aqui criticado por comunas acima citados.

    Só quem não conhece a índole comunista não vos antecipa?

    Joana Quelhas

    • POIS! says:

      Pois antecipamos, pois, ó Quwelhasss!

      Antecipamos que deve ter aberto, com sessão solene e tudo, o Congresso Mundial da Estarolice.

      Onde Vosselência vai, certamente, ter papel proeminente.

      Corre até o risco de vir a ser designada Estarola-Mor. É uma responsabilidade de vulto!

    • Paulo Marques says:

      Infelizmente, só pagam às Marias da Luz para isso. Mas faz bem, estão bem um para o outro, só muda a quem lambem as botas à espera de festinhas e mijo dourado.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.