António Costa inaugura também um novo tempo nas redes sociais

Independentemente de se concordar ou não com o Orçamento de Estado para 2016, que está a causar alguma polémica, o primeiro-ministro, António Costa, tomou uma decisão inteligente, interessante e inovadora para explicar aos portugueses as opções do seu Governo.

Pela primeira vez, no nosso País, um primeiro-ministro percebeu a importância da comunicação institucional através da redes sociais.

Desta forma António Costa passa a sua mensagem, relativamente ao OE 2016 da forma que melhor entende, através de pequenos vídeos curtos, sem qualquer interferência ou ruído dos comentadores políticos e da comunicação social.

Esta é também uma medida que aproxima e simplifica a ligação entre os políticos e os cidadãos, cara a cara, entre o primeiro-ministro e os portugueses.

Estou convicto que a utilização das redes sociais para passar a mensagem institucional de um governo veio para ficar.

Reflectir é desarrumar os pensamentos

jean_rostand

Esta é uma boa resposta para quem vive formatado num determinado registo de pensamento. Talvez seja a hora de fazer uma reflexão profunda.

Os boatos

boatosA  palavra “ boato “ pode significar várias coisas como o diz que disse; notícia cuja fonte não é conhecida e sem fundamento; mexerico; dito maldoso que se espalha pelo boca a boca; mentira, conversa infundada; atoarda.

Porém a origem da palavra “ boato “ aparece como o dito que do boi só não se aproveita o berro, que vem do latim ” boatus “ que significa “ mugido, berro do boi “.

Não é que com estes ” boatus “ descubro coisas sobre mim que nem eu próprio sabia!

As pessoas que se enfurecem com a verdade são aquelas que vivem na mentira

As-únicas-pessoas-que-se-enfurecem-ao-ouvir-a-verdade-são-aquelas-que-vivem-a-mentira
Hoje ao final da tarde estava sossegado no meu escritório a terminar um relatório para regressar a casa quando recebo um telefonema.

Atendi normalmente o telefone. A conversa começou normalmente. Tranquilamente ainda tentei manter a conversa num tom normal mas rápidamente passei a ser insultado aos gritos, seguido de um chorrilho de ameaças e mentiras.

Disse-me tudo o que lhe veio à cabeça e acto continuo desligou o telefone.

Uma atitude de um cobarde que me pareceu ser de alguém que estava de cabeça completamente perdida.

O objectivo será intimidar-me? Está enganado. O que poderá levar uma pessoa a ter este tipo de atitude? Parece-me que apenas o desespero.

[Read more…]

Por onde andas querida democracia?

democracia
Hoje, em pleno século XXI, num país livre e democrático, por incrível que possa parecer o conceito de democracia para alguns é inexistente ou então lamentavelmente é algo completamente desvirtuado.

A democracia teve origem na Grécia tendo a palavra por base os vocábulos demos “ povo ” e kratós “ poder ” e/ou “ governo ”. O conceito de democracia é milenar tendo começado a ser utilizado em Atenas no século V A.C.

A democracia contrasta com outras formas de governança em que o poder é mantido por um pequeno número de indivíduos como numa oligarquia ou então onde o exercício do poder é detido por uma única pessoa como no caso do sistema monárquico absoluto.

Também em absoluto contraste com a tirania ou ditadura a democracia proporciona que todos os cidadãos tenham uma participação activa e directa nas tomadas das decisões que afectam o seu livre quotidiano.

[Read more…]

Cratera de Darvasa

Porque nunca me conseguirão calar

“Porque os outros se mascaram mas tu não
Porque os outros usam a virtude
Para comprar o que não tem perdão
Porque os outros têm medo mas tu não

Porque os outros são os túmulos caiados
Onde germina calada a podridão.
Porque os outros se calam mas tu não.

Porque os outros se compram e se vendem
E os seus gestos dão sempre dividendo.
Porque os outros são hábeis mas tu não.

Porque os outros vão à sombra dos abrigos
E tu vais de mãos dadas com os perigos.
Porque os outros calculam mas tu não.”

Sophia de Mello Breyner Andresen