Actualização: onde pára o dinheiro que nos roubam

BPN: 8.3;  buraco da Madeira: 6.3;  comissões do empréstimo da tríade para BCE e banca nacional:  2.3; escândalo dos Swaps : até 3; PPP e submarinos: nós não sabemos! Mais de 19.9 mil milhões de euros.

Há bancos a precisar do FMI em Portugal?

banca_FMI

Veio a público, aqui, a notícia do agravamento da dependência da banca portuguesa em relação ao BCE. A dívida externa do Estado é tema comum de notícias, debates e conversas, no dia-a-dia. Todavia, a parcela da dívida externa privada, titulada em boa parte pela banca, não é discutida por muita gente; mesmo pelos mais entendidos comentadores, economistas e “tudólogos” televisivos, a saltitar e doutrinar de canal em canal.

Omitida ou esquecida, a verdade é que a banca do País deve ao BCE 40,8 mil milhões de euros, ou seja próximo de 24% do PIB – ignoro se o Santander Totta, cujo presidente, Nuno Amado, é o primeiro da esquerda na fotografia, se integra entre os devedores, dada a dependência de Espanha.

Também é curioso saber que os bancos das três personagens centrais – Ricardo Salgado do BES, Faria de Oliveira da CGD e Carlos Santos Ferreira do BCP – concederam há pouco tempo um empréstimo de 250 milhões de euros a empresas de Luís Filipe Vieira para financiar projectos imobiliários: um “resort” no Algarve e uma urbanização na ultrajada zona da Expo, em Lisboa. [Read more…]