Pela hora da morte

É verdade, morrer está pela hora da morte. Pelo menos neste país.

Faz precisamente hoje uma semana, vi-me confrontada com aquilo que todos sabemos que vai acontecer, mas tentamos nem sequer pensar que vai realmente acontecer: a morte dos nossos progenitores.

O meu pai morreu há uma semana. Se eu não me atrasar na redacção, fará exactamente uma semana no momento em que este post for publicado. Será mais uma das pequenas e simbólicas homenagens que lhe posso fazer. [Read more…]

Sente-se mais leve?

É natural, não esteja preocupado, não perdeu peso nem a saúde anda abalada, é só a carteira. A partir deste momento (24 horas) já está a pagar tudo mais caro, desde o pão aos transportes, à saúde, à educação, à agua…

E já recebeu a pensão ou o vencimento ? Não custou muito pois não? foi só uma coisinha, mas vá deixando o mês avançar, sabe que isto está muito mau, o que vem aí é mais do mesmo, a privatização de serviços do Estado, o SNS, a educação, e você a pagar mais, há aí uns tristes que vão ao ginásio para perderem peso, é só esperar, a não ser que sejam dos que têm vencimento garantido e umas pensões, tudo ao mesmo tempo!