Adeptos 1-0 Governo

Felizmente, penso que esta é a última vez que tenho de escrever sobre essa aberração idealizada pelo governo socialista chamada Cartão do Adepto. Depois de a mesma ideia falhar em vários países, tal como o redondo falhanço em Itália (Tessera del Tifoso), os socialistas fizeram o melhor que sabem: copiar ideias condenadas ao falhanço e que comprometem a liberdade do cidadão sem qualquer utilidade. O governo socialista demora mais tempo a perceber que ideias deve importar do que o Fernando Santos a perceber que William não é um jogador rápido.

Além da ideia em si ser errada à priori, a sua implantação mostrou-nos que não há defesa possível desta lei. A Iniciativa Liberal propôs o fim do Cartão e adotou esta luta desde há largos meses, à qual o PCP e o Chega se juntaram, apesar de não concordar com as contrapartidas apresentadas pelo Chega na sua proposta. Os resultados práticos deste Cartão foram tão maus que até levaram o arrogante PS a abster-se e a ver deputados votarem a favor da proposta da IL. O pior desta votação foi perceber que alguém que queira um Estado menos invasivo na vida das pessoas não se pode rever num PSD amorfo, que nem contra uma medida que afeta diretamente a liberdade individual de cidadãos, neste caso adeptos, consegue ser. [Read more…]

Com o pé que está mais à mão 4

Nesta edição, começámos por abordar o modo escandaloso como o Benfica foi prejudicado na final da Taça de Portugal. A partir daí, derivámos para o campeonato, repetimos os parabéns ao Sporting, passámos algum tempo a falar do Futebol Clube do Porto e do futuro de Sérgio Conceição e escandalizámo-nos com o facto de haver público na final da Liga dos Campeões, ao contrário do que tem acontecido nas provas nacionais. No final, polemizámos sobre os adeptos do futebol português – há quem defenda que são alvo de uma repressão brutal. Em campo, estiveram José Mário Teixeira, Orlando Sousa, Diogo Hoffbauer, Francisco Salvador Figueiredo e António Fernando Nabais.

Aventar Podcast
Aventar Podcast
Com o pé que está mais à mão 4
/

Pod ser ou nem por isso – Cartão do Adepto é necessário?

Depois de toda a polémica envolvida, trazemos um debate sobre o Cartão do Adepto. Será necessário? Será que afecta a liberdade individual dos adeptos? Será eficaz? Para falar sobre este assunto tivemos connosco Martha Gens, Presidente da Associação Portuguesa do Adepto e Tiago Mayan Gonçalves, membro da Iniciativa Liberal. Debate moderado por Francisco Salvador Figueiredo.

Aventar Podcast
Aventar Podcast
Pod ser ou nem por isso – Cartão do Adepto é necessário?
/

Cartão do Adepto? Não, obrigado!

Ontem, o Tribunal Administrativo do Círculo de Lisboa, após ação da Associação Portuguesa do Adepto, confirmou a legalidade do Cartão do Adepto que aqui já foi falado. Este cartão foi criado no âmbito de uma estratégia para combater a violência no desporto. Ora, como todos sabemos, nada combate melhor a violência de indivíduos do que um pedaço de cartão no bolso controlado pelo Estado.

Continuo sem entender como uma lei que trata pessoas de forma diferente pela forma de apoiar é considerada legal. Segundo esta lei, uma pessoa se transportar um trapo de 99 centímetros é um cidadão ordeiro, mas por mais um centímetro pode ser um potencial criminoso.

A Iniciativa Liberal tomou uma posição e anunciou ser totalmente contra este Cartão. Mais uma vez, fica provado que a IL escolhe o lado da liberdade em todas as lutas e não anda ao sabor de popularidade ou poder.

Temos o dever de lutar por que os adeptos não vejam as suas liberdades limitadas, pois quando se trata da liberdade devemos até lutar pelos direitos daqueles que não gostamos. É por uma questão de princípio. Há precedentes que não podem ser abertos.

Como adepto, como liberal e como cidadão:
Não ao Cartão do Adepto!