Comunismo nunca mais!

A luta pela liberdade não tem donos. Há 64 anos, começava a luta do povo húngaro contra o comunismo. Aqui fica uma música italiana que homemageia quem luta por um povo livre.

 

Na República Checa

Ministro da Saúde demitido por organizar reunião num restaurante. Quer se concorde ou não com as medidas, pelo menos não há dois sistemas num país só.

A Era do Cancelamento

Tantos séculos a evoluir, a quebrar barreiras e a tornar as sociedade mais livres. Começamos pelas liberdade grupais, passando para as liberdades individuais. Começamo-nos a perguntar como tornar as pessoas mais livres, um mundo mais justo e menos desigual. Eliminamos preconceitos e fizemos progressos. Consideramos que os nossos antepassados estavam errados, mas não acho que seja certo dizer isso, pois eu espero que os meus netos me considerem retrógrado. É sinal que a geração deles conseguiu tornar as pessoas ainda mais livres. [Read more…]

Prefiro o Charles

Quanto apostam que amanhã vai haver trocadilho com a Teoria da Evolução nos jornais desportivos?

Uma boa noite para todos…

Menos para os sportinguistas!

Polónia Fora do Armário

 

A Polónia enfrenta vários ataques à democracia, principalmente pela forma que são tratadas as pessoas lgbt. Ao contrário de Portugal, é urgente travar esta situação. Em 2020, na Europa que sempre foi pioneira na defesa pela democracia, não podemos permitir que haja zonas livres de lgbt. Assobiar para o lado não é solução e há pessoas a verem os seus direitos renegados devido à sua identidade. Convido todos, independentemente da ideologia política, a assinar esta petição do LIVRE.
Não podemos permitir que a Liberdade e a Democracia estejam ao sabor de ideologias.

Primeiro mês em Karviná? Czech ✔

Há pouco mais de um mês, chegava à República Checa, país que celebra hoje o dia do tão belo nome Francisco, František para os amigos, para iniciar um dos maiores desafios da minha vida: trabalhar com crianças com deficiências. Antes de começar isto, digo-vos com toda a sinceridade que há momentos hilariantes. Sim, porque eu não pertenço ao clube que confunde respeito com condescendência. Já trabalhei com duas turmas, uma de miúdos com 5/6 anos, outra com miúdos com 13/14 anos. Os mais pequenos tem uma mistura incrível entre a pureza da infância com os seus problemas. Há pequenas coisas que se tornam uma autêntica vitória. E isso é bom de assistir. Para facilitar, eles podem chamar-me Chico. Há uns dias, um miúdo chamou-me Choco. Não entendi o porquê, mas se era para escolher o nome de um prato típico português, ao menos que fosse Tripas ou Francesinha. [Read more…]

Conta o tempo que levas a ler isto.

Hoje termina Setembro e, como muitos sabem, este é o mês da prevenção ao suicídio. Amanhã é Outubro e as hashtags acabarão, a preocupação imensa das pessoas desaparecerá, mas a saúde mental continuará a ser um problema. Amanhã já podemos voltar a dizer “são coisas da tua cabeça”, “estás a fazer filmes”, “vai dar uma volta, que isso passa”. Amanhã podemos continuar a achar que as doenças mentais se resolvem “sendo forte” e lendo um artigo de uma guru licenciada no Instagram. Amanhã podemos continuar a usar exemplos de pessoas que sofrem para ajudar outros. Sim, porque toda a gente sabe que quando se parte uma perna o melhor a fazer é ligar a um amigo que já tenha partido a perna.
Deixem-se de hipocrisias e de falsos humanismos em troca de pontos sociais. Além de não ganharem nada com isso, há pessoas a perder bastante. A perder a esperança. E quando se perde totalmente a esperança, sabem o que acontece? Pois. De 40 em 40 segundos.

Sonho na Cozinha

Neste momento, eu só pensava no que iríamos ouvir se o Ljubomir estivesse ali presente.
Estes meninos checos de 4/6 anos fizeram um bolo de chocolate. O mais perto que eu estive disto, em toda a minha vida, foi quando meti um Petit Gâteau a aquecer um minuto no microondas.

127 anos de Tradição Tripeira!

O Futebol Clube do Porto é tão importante, que hoje, dia do seu 127º aniversário, é feriado na República Checa.

Parabéns a todos aqueles que todos os dias fazem do FC Porto o Clube que amamos.

Pela Cidade, pelo Clube, por nós:

Viva o Futebol Clube do Porto!

Uma semana ovo-lacto-vegetariano (desculpem-me o meu checo)

Estive uma semana em Praga, numa formação, pois estou a fazer voluntariado numa terra checa chamada Karviná, e toda a alimentação foi vegetariana ou, para ser mais preciso, ovo-lacto-vegetariana. Isto num restaurante à frente de outro chamado Meat Vandals. É brincar com o menino!

Gostava de conseguir não consumir produtos de origem animal, mas obviamente nunca o irei fazer. No entanto, os ditos ativistas deveriam alterar a sua forma de passar a mensagem. De que vale haver um vegan, se há outros 10 a comer carne todos os dias? Seria mais importante todos reduzirmos na carne de forma moderada. E são dados como os da imagem que nos deveriam fazer repensar conscientemente.
Eu não vou deixar de comer carne, ovos, nem nada disso. Se calhar, estou errado, mas continuarei a estar. Porque sou boa pessoa, mas não o suficiente para deixar as minhas francesinhas e os cachorros de madrugada.

Portugueses, agradeçam ao PAOK!

Esta semana foi bastante animada. Uma semana em que eu acabo a dizer “que é impossível este Governo bater mais no fundo”. O impressionante, e que é de dar mérito, é que nos conseguem sempre surpreender.

Foi notícia por todo o país a presença de António Costa na comissão de honra na candidatura de Luís Filipe Vieira à presidência do Benfica. Gostei de ver que apenas uma situação foi capaz de expor o lixo que temos na nossa política. Por incrível que pareça, eu não acho que um político não se possa envolver no futebol. Não me parece correto limitar essa liberdade. É lançar suspeitas para uma certa área, neste caso, o futebol. António Costa não integrou a comissão de honra de um simples candidato, integrou a lista de um dos maiores devedores à banca que há em Portugal. O Primeiro-Ministro que os portugueses escolheram gozou com a cara destes mesmos, ao apoiar alguém com responsabilidade em enormes dificuldades que muitas famílias passaram e passam. Mas este raciocínio parece muito complexo, quando tens um lugar para defender. Da esquerda à direita, tivemos pessoas a defender o PM e alguns em silêncio. Sim, porque defender o povo português contra a corrupção é bonito, menos quando me pode afetar para sempre. André Ventura é exemplo disso.

O mais bonito no meio disto tudo, foi ter sido Luís Filipe Vieira a retirar o Primeiro-Ministro da comissão de honra.

Tudo isto é bastante confuso, mas há certezas que ficam. Há uma enorme promiscuidade entre o PS e o Benfica de Vieira, com o consentimento daqueles que não querem enfrentar instituições tão poderosas. A esquerda não quer perder o poleiro e por isso assiste tranquilamente a estes tiques anti-democráticos. O principal partido de direita, o PSD, é um tentáculo do PS e não é capaz de fazer oposição séria. Esta falta de representação dos interesses do cidadão leva a revoltas que se refletem no crescimento de um partido sem ideias, o Chega.

Os portugueses continuam a achar isto normal e correm o risco de um dia acordar a pensar no tempo em que era possível mudar isto. Enquanto um ministro dizer de forma inocente que tem uma aversão ao azul revoltar mais do que este despotismo da classe política, estamos mal. São estas coisas que me fazem quase querer desistir de Portugal. A diferença está no quase.

Por isso, obrigado PAOK por teres derrotado o clube que tanto mal faz ao meu país. Em 2023, é a nossa vez. (Não escondo que me ri baixinho, devido à confiança que tenho no atual país)

Justiça para Tsz Lun Kok

Antes de mais, peço desculpa. Este assunto é demasiado importante para ter esperado tanto.

Apesar de pouco se falar do assunto, há um jovem português que está detido há quase um mês na China. Este jovem integrava um grupo de 12 ativistas pró-democracia em Hong Kong. Foram acusados de “travessia ilegal”, ao dirigirem-se para Taiwan.

Tsz Lun Kok, indivíduo com dupla nacionalidade, está desde então sem poder contactar a família e sem acesso a advogado. Sendo este jovem de 19 anos cidadão português, tem de ser defendido intransigentemente pelo Estado português contra qualquer ataque anti-democrático. Até agora, apenas a Iniciativa Liberal pressionou o Governo e mesmo assim soube a pouco.

Todos sabemos que é muito mais popular fazer manifestações contra Bolsonaros ou Trumps do que a favor de um adolescente com nome asiático, mas é obrigação dos partidos que constituem a Assembleia exigir a defesa do nosso concidadão.

O Governo português tem de ter coragem de colocar os interesses de Portugal e dos seus valores democráticos à frente de qualquer “boa relação secular”.

Justiça para Tsz Lun Kok!

Futebol democrático

Hoje é dia de bola e acho que em competições internacionais temos de meter clubismos de parte. Como sou um bom democrata, torcerei pelo clube do país que fundou a democracia.

Força PAOK!

Crença > Noção

Tudo o que aqui foi dito sobre o Avante serve de igual forma para o que se passou em Fátima.

Villas-Boas é mouro

Se ele fosse cá dos nossos, nem às finais admitia que o Benfica chegasse.

Princípios não têm ideologia

Muito provavelmente, daqui a duas semanas, não veremos nenhum surto de Covid-19 devido à realização da Festa do Avante. Mas, também, nunca foi isso o que esteve em causa. Tanto o PCP como quem permitiu que esta festa de realizasse foram totalmente irresponsáveis. Portaram-se como se de um grupo de jovens que quer ouvir uma música e conviver com os amigos se tratasse. Fazer choradinhos a favor do Avante acusando as pessoas de ir para a praia, por exemplo, é igual a um pai chorar por não querer comer o bacalhau, acusando o filho de dois anos não comer a sopa. A responsabilidade social de um partido político é totalmente diferente da responsabilidade social de cidadãos comuns. Não tenho dúvidas de que as regras foram sempre ou quase sempre cumpridas. Afinal, o PCP não é assim tão displicente. O que aqui está errado é a falta de respeito pelos trabalhadores que estiveram na linha da frente, por aqueles que perderam familiares, por aqueles que viram as suas vidas alteradas por causa deste vírus. A não realização da Festa não seria apenas para evitar contágios, mas sim um exemplo para os demais. Apesar de não ser apenas característica do PCP, mais uma vez vemos a classe política a fazer de tudo para ser descredibilizada. Mais uma vez, vemos a ideologia e os interesses políticos a terem mais importância do que a vida do cidadão. Temos de perceber uma coisa: na política, só há um clube que queremos que ganhe, é o cidadão. Esquerda, direita, centro, por cima ou por baixo são apenas táticas para lá chegar.

A realização do Avante envergonhou-me. Até do Partido Comunista esperava mais.

Parabéns, Vasco!

Dia 29 de Agosto de 1979, nasceu o indivíduo que me mostrou um dos caminhos para a felicidade. O humor e a boa disposição. Parece simples? Devia ser. Parabéns, Vasco Palmeirim!

Pela liberdade, sempre!

a-revolucao-liberal-do-porto-pos-fim-ao-absolutismo-em-portugal-1Revolução Liberal, há 200 anos, no Porto.

Não esperemos pela degradação total da nossa Liberdade para voltar a agir em prol do valor mais importante.

Não foi só a ministra…

Na semana passada, a ministra da cultura respondeu que ia tomar um drink quando lhe perguntaram sobre… cultura. Nesta atitude, vemos refletida a postura de todo o governo: Não trata do que tem a tratar com os portugueses e preocupa-se em demasia ao agradar os outros. Neste caso, foi utilizado um anglicismo.

Mas não pensem que isto foi o mais grave. Se este governo não fosse tão incompetente, diria que foi um momento infeliz. Mas não, é apenas mais uma para juntar às outras.

[Read more…]

Discotecas até às 20h?

Uma da tarde, ei, bem bom
Duas da tarde, bem bom
Já três da tarde, ei, bem bom
Quatro da tarde, bem bom
Cinco da tarde, ei, bem bom
Já seis da tarde, bem bom
Sete da tarde, ei, bem bom
Oito da noite, bem bom
Um lanche de tarde pra dois
Sem saber o que virá depois, bem bom!

O Liberalismo não é sobre dinheiro

Existe a ideia errada de que o liberalismo gira à volta do dinheiro. Não podia estar em maior desacordo. Ao contrário do que a esquerda e a direita conservadora, proprietárias de ideias coletivistas, nos querem fazer acreditar, todo o liberal luta apenas pela valorização do indivíduo. Claramente que a vertente económica também é levada em conta, mas o liberalismo não se prende aí. Também não é possível ser liberal na economia e conservador nos costumes. Quer dizer, é possível, mas é intelectualmente desonesto. É lutar pela liberdade apenas no que pode dar jeito a certo grupo. A partir do momento em que uma ideia apenas respeita a liberdade de uma porção de indivíduos, deixa automaticamente de ser uma ideia liberal.

[Read more…]

Atitudes de primeira

No ano passado, quando o Leeds estava na luta pela subida de divisão, Bielsa arriscou não ganhar um jogo importante pelos seus valores. O resultado foi 1-1.
Este ano, subiu e foi campeão da segunda divisão.
Haja princípios!

Orgulho em ser Tripeiro!

Estamos em 2020 e fica mais uma vez provado como funciona Portugal. Já avançamos o suficiente para continuarmos a alimentar o centralismo que existe neste país. Ser do Futebol Clube do Porto e da Cidade do Porto, muitas vezes, é ter de arcar com a ignorância daqueles que fazem da Capital portuguesa a oitava maravilha do Mundo.

Deram o Futebol Clube do Porto como morto a meio do campeonato. Aliás, até antes de começar o campeonato. Fazedores de opinião pública criaram a ideia de que o Futebol Clube do Porto tinha medo de voltar no pós-pandemia. Televisões portuguesas fizeram acreditar que o povo do Norte, representando este com imagens da Cidade do Porto, é mal educado. Até num programa de televisão conseguem dar má imagem ao Norte, metendo dentro de uma casa pessoas que não representam minimamente as nossas gentes.

Jogamos bem ou mal? Melhor do que todos os outros clubes portugueses, pior do que muitos clubes que estiveram nas competições europeias. Mas o que está aqui em causa não é um campeonato ou uma competição. É a nossa dignidade e a forma como continuamos a ser tratados.

E sim. Temos defeitos. Erramos, tal como todos. Temos de saber reconhecer isso. No entanto, não é motivo para continuarem a pintar uma imagem do nosso povo como se de animais se tratasse.

Sou Português. Sou Portuense. Sou Portista.
E nem um átomo do meu corpo se envergonha disso!

Contra tudo. Contra todos. Contra o Covid.

Amo-te, FC Porto!

Feminismo vs Liberdade Individual 2.0

Uma cambada de fanáticos pela igualdade, em detrimento da liberdade individual, lembrou-se de querer tornar as mulheres em algo que não querem, em nome de uma luta identitária. Eis os resultados.

Decorem este nome: Volt!

Na semana passada, tivemos a entrada de mais um partido para o jogo democrático português: o Volt. Sou honesto, apenas conheço o Volt há umas semanas e interessei-me bastante pelo projeto. O Volt apoia a ideia de uma Europa federal e é bastante progressista. [Read more…]

Liberdades? Sim, claro, quando me dá jeito.

Na Assembleia, o deputado único do CHEGA teve uma declaração em que disse que lá por ser do Benfica, não tinha o direito de acabar com alguns adversários. Claro que a frase dele teve bastante impacto por se referir a clubes de futebol, mas nem é isso o que me impressiona na frase. André Ventura defende, e bem, que cada pessoa tenha a liberdade de ser do clube que quer e que essa liberdade acaba quando interfere na do outro.
Onde está André Ventura, o grande defensor das liberdades, quando defende que não deve ser ensinada a ideologia de género, tirando assim uma opção às escolas e aos pais? Onde está o sentimento de liberdade, quando defende um isolamento especial para uma etnia? Onde está o respeito pelas opiniões dos outros, quando se  promete acabar com a bandalheira que vai para o Twitter?

Ignorando o assunto que estava em questão na Assembleia, André Ventura percebeu, que para defender uma ideia, é preciso pensar como podemos tornar as pessoas mais livres. Mas tal como outros de direita e a maioria de esquerda, apenas proclama liberdade quando dá para defender os dele e aquilo que os dele gostam.

O problema é que André Ventura ainda não entendeu que não podemos defender apenas a liberdade quando é algo que nos toca. Temos defendê-la sempre. Alguém que lute verdadeiramente por pessoas livres, luta até por aqueles que não gosta.

Uma questão de imagem

Tens 550 mil euros para gastar com a tua cidade. Podes investir em educação, saúde, alimentação, etc. Mas não, a Câmara do Porto optou por investir num projeto para pessoas consumirem drogas. Isto apenas contribui para a marginalização dos próprios.

A ajuda do Estado à TAP é negociada em dias.

A ajuda do Estado a crianças com cancro no Hosp. S. João no Porto é adiada durante uma década.
Um país de prioridades bem definidas.

Lisboa a ser vítima de Lisboa

Lisboa continua a ter imensos casos de Covid-19, enquanto o Porto, por exemplo, não tem casos há mais de 20 dias. Julgo que pela primeira vez na História, Lisboa foi vítima daqueles que fazem da capital algo superior, como se fossem diferentes dos comuns mortais.

Atualmente, Lisboa tem a larga maioria dos novos casos. Esta é a mesma cidade na qual a classe política achou boa ideia fazer celebrações do 25 de Abril, celebrações do Dia do Trabalhador, manifestações da esquerda à direita e, pasme-se, celebrou-se o facto de Portugal receber a Liga dos Campeões. Os populistas da esquerda à direita e os que usam Lisboa para centralizar os seus poderes foram os culpados desta situação. Talvez tenham confiado demasiado na sua população que não é menos educada, nem mais pobre, nem mais velha. [Read more…]