Mais exigentes, menos complacentes e menos piegas

Pedro Passos Coelho pede aos portugueses para serem mais exigentes, menos complacentes e menos piegas.

Nem vale a pena recordar Sócrates, que tinha na cassete serem os portugueses mais exigentes, mais competitivos e mais ambiciosos (tudo virtudes, à luz da matriz judaico-cristã). Depois foi o que se viu…

Mas pronto, lá vamos ter ser mais exigentes com Passos, menos complacentes com o  seu governo e menos piegas… quando nos mandam emigrar.

Temos homem!