Lobby das renováveis: 1 – consumidores: 0

Henrique Gomes, que será substituído por Artur Trindade, director do serviço de custos e proveitos da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), encontrava-se há vários meses sob fogo cerrado, com a promessa de revisão dos subsídios pagos à indústria eléctrica, nomeadamente às empresas de energia eólica e à cogeração e com a EDP no alvo.

Leia mais no Público para perceber porque tem aumentado a sua factura da EDP

As eólicas flutuantes

imageA EDP está a investir em coisas giras:

Notícia no Expresso, 19-02-2011: «Portugal constrói eólica flutuante. É um protótipo inovador a nível mundial. Já existem eólicas no mar, mas alicerçadas no fundo. A que a EDP vai lançar flutua e é ideal para águas profundas.»

Notícia no Económico, 11-11-2010: «Avaliado em 18 milhões de euros, o projecto Windfloat insere-se num pacote de 40 milhões de euros destinado à área da inovação na energia.»

ricas ondasPor acaso, ainda há pouco tempo, também investiu em outras coisas giras:

Notícia SIC, Nós Por Cá , 28-12-2009: «Um milhão e 250 mil euros foi quanto o estado investiu, há mais de um ano, naquilo que dizia ser um projecto pioneiro, em termos mundiais, no campo das energias alternativas. Um milhão e 250 mil euros para a construção do Parque de Ondas da Aguçadoura. Nós por cá fomos agora ver o que é feito do projecto e que energia foi já produzida através das ondas do mar, 15 meses depois do anúncio.»

Gosto muito de empresas com ideias giras. Mas gosto menos quando este Portugal moderno do senhor engenheiro que nos governa é pago nas facturas da electricidade. É que há quem se queixe que a conta da luz é pesadita. [Read more…]

xkcd

image

DBH trouxe-me à memória o xkcd. Vale sempre a pena lá voltar.