Se vos aparecer um anúncio da Scandifinance

scandi

 

…fujam a sete pés!

Foi o que eu fiz, mas antes disso pedi ajuda a um companheiro aqui do Aventar para umas pequenas investigações e decidi contribuir para desmascarar mais um esquema.

Tendo respondido a um anúncio para emprego, recebo como resposta este email, cujo conteúdo passo na íntegra:

«Caro Candidato
Nossa empresa Scandifinance está em busca de funcionários. Temos o prazer de recebê-lo como um candidato para a nossa oferta de emprego em Portugal.
Somos um novo grupo de investimento com vários anos de trabalho na Europa.
Nossa empresa tem grandes perspectivas em Portugal. Nossa empresa é uma empresa líder no mercado de empréstimos e mini empréstimos. Nosso objetivo é expandir o nosso negócio e também que nossos clientes recebam o melhor
serviço possível.
Atualmente, estamos expandindo nossos negócios em Portugal e por isso precisamos de mais trabalhadores para promover a nossa empresa e atender às necessidades de nossos clientes em Portugal e no resto da Europa.

[Read more…]

A CGD "esquemática"!

Havia um esquema fraudulento do conhecimento de dois vice-governadores que envolvia 800 contas fícticias, com a participação de empresários e clientes, com vista a conceder créditos para a aquisição de acções da REN, da Galp e da Martifer. Agora andam a empurrar responsabilidades para a cadeia hierárquica, directores e responsáveis de agência. Produto de investigação da CMVM.

A mesma CGD que  ajudou  o Governo a entrar no BCP, que fez os negócios “Finos” para influenciar o quadro accionista da Cimpor, emprestando dinheiro com garantia das próprias acções e garantindo os prejuízos se os houvesse, como houve em menos-valias em bolsa.

A CGD que deveria apoiar as PMEs, concedendo empréstimos favoráveis a quem produz e exporta, e participar com capital de risco para criar e desenvolver novas empresas, anda nisto, nos esquemas dos negócios de casino.