A Terra é Uma. Uma Terra. (1)

A Terra é um Ser Vivo.
Ela respira, alimenta-se, move-se. Alegra-se e sofre.
Sente.
O seu Corpo é de uma beleza única. Guarda segredos em presença dos quais só o espanto e o silêncio respondem. O seu Espírito é o próprio Mistério em movimento. Uma vibração da origem que se manifesta nas rochas, nas florestas, nos rios e nas montanhas, nos desertos, nos pântanos, nas cidades, nos oceanos. Nos seres que os habitam. Nas construções que erguem. No visível e no invisível,  a Terra é um gesto de Amor de proporções infinitas.
A Terra é Uma. Uma Terra.
A série que hoje se inicia tem por base imagens do nosso planeta recolhidas do Google Earth. Começamos com Samarinda, na Indonésia.

Samarinda, Indonésia.

Neoliberalismo no séc. XXI: a exploração infantil e o capitalismo totalitário

HRW

É o capitalismo do deixar fazer. A selvajaria que recusa restrições ou imposições estatais que condicionem a liberdade de explorar sem freio, onde inúmeras são as grandes multinacionais que escolhem tolerar e pactuar com abusos e violações de direitos humanos para garantir o aumento dos seus lucros.

O mais recente caso chega-nos da Indonésia. A Human Rights Watch denunciou que milhares de crianças estão a trabalhar em campos de cultivo e fábricas de transformação de tabaco, sob condições severas e perigosas e perante a passividade do governo de Jakarta. Para além das tabaqueiras locais, duas nobres multinacionais ocidentais estão a lucrar com a exploração de crianças indonésias: British American Tobacco e a incontornável Philip Morris. [Read more…]

Bali

Monções.

O Comboio Faz Parte da Solução…

…na Indonésia, pelo menos