Um condenado presumivelmente inocente armado em virgem impoluta

aacA maior vergonha da história da Associação Académica de Coimbra chama-se José Eduardo Simões, presidente do seu Organismo Autónomo de Futebol.

Manchando o nome de uma instituição centenária, que não é um clube de futebol mas aceitou ter no seu seio um clube de futebol profissional, acumulou esse cargo como a direcção autárquica das obras e urbanismo. Junte-se o fogo com a estopa (responsabilidade política de Carlos Encarnação) e temos licenciamentos de obras a troco de dádivas para o clube.

Vem isto a propósito da sua última tirada: uma queixa na ERC contra o blogue O Sexo e a Cidade, onde habitualmente é referido como José Condenado Simões, que se registou como publicação periódica precisamente porque o dito cujo o impedia de aceder às actividades do clube reservadas à imprensa, coisa que nem a Câmara nem os tribunais fazem, baseando-se nesta espantosa argumentação: [Read more…]

José Eduardo Simões desesperadamente à procura do seu colega de cela na bancada

… quando no final do jogo olhou na minha direcção cruzei quatro dedos, dois de cada mão e bati com eles como que lhe dizendo o futuro que o esperava… deve ter achado estranho, no meio daquela festa alguém a dizer-lhe para ir para prisão só podia ser delírio e, no país em que vivemos, é mesmo…
Atente-se na qualidade das testemunhas abonatórias da primeira instância :

(1-Reitor da Universidade de Coimbra-1, 2-Almeida Santos-2, 1-Irmão do PGR-1, 1 Ex-Reitor da UC)

e percebe-se a pressão que ainda vai recaír sobre tribunais. [Read more…]