Só estou a perguntar…

Regressado de mini-férias: quem é o Lorenzo? Joga em que clube? E que problema existiu com o contrato dele para ter ido à judite?

Lavagem cerebral? Nãaaaaaaa

Não posso deixar de rir a bom rir ao ler, no Jornal de Notícias, esta pérola!

 

A Inspecção Geral de Educação acaba de decidir a favor da lavagem cerebral da pequenada. Reparem no argumento da escola: “Do agrupamento, o pai da menina, que frequenta o jardim de infância de Santo Isidoro, recebeu como resposta que a maioria das crianças é do clube: de um total de 13 crianças da sala, apenas duas não são benfiquistas”.

 

Muito bom. Sim senhor, um argumento do “catano”. Olhem, sempre se pode mudar a letra para: “atirei o pau ao preto” ou “ao cigano” ou “ao árabe” ou, quiçá, “ao capitalista”, basta que os filhos dos respectivos estejam em minoria na sala de aula. Bonito.

 

Assim sendo, fica já lançado o desafio aos professores das diferentes escolas do Norte: logo pela manhã, no arranque das aulas, é obrigar a pequenada a cantar o hino do FC Porto. Além de ser bem bonito, não manda atirar o pau a ninguém e muito menos a animais. Se quiserem uma coisa mais, sei lá, animada, podem sempre usar qualquer coisa dos Super Dragões, eu sei lá…ora vamos pensar…”e quem não salta, é lampião”. Tudo menos aquela de Lisboa a arder. Essa não, fica muito caro…

 

Ora vamos lá, todos juntos, meninos e meninas: “Ó meu Porto…”.

UM POR CENTO !

Além do esmagador peso que os nossos inefáveis vizinhos têm na nossa economia, lembremo-nos de que 80% de tudo o que cá se produz tem a “U.E.” como destino. Em contrapartida, enviamos para os países do antigo Ultramar, apenas 1% das nossas exportações.

Estupidez, desleixo, falta de visão e incompetência, para não dizermos traição.

PJ faz buscas na….PJ (?!)

Um documento com o timbre da Polícia Judiciária apreendido durante buscas do processo Face Oculta desencadeou uma investigação à Unidade Nacional de Combate à Corrupção (UNCC), disse à Lusa fonte ligada ao processo.
A notícia de buscas na UNCC, a pedido do Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP), foi hoje avançada pela
revista Sábado.