Costa está nas minhas mãos?

costa_maos

Escreverei, um dia, sobre táxis e sobre taxistas e talvez não seja simpático para ninguém, concorrência e políticos incluídos. Para já, declaro apenas que sinto cada vez mais saudades da vírgula ou das vírgulas. Fazes-me falta, vírgula, especialmente quando há vocativos. Eu já sei que Costa está nas minhas mãos, mesmo sabendo que só valho um voto. A vírgula está nas tuas mãos. Usa-a, ó escrevente!

Imagem recortada da primeira página do DN de hoje.

Hoje, em dia de protesto dos taxistas contra a Uber…

… tenho a dizer que os apoio e não os apoio.

taxi

Apoio, porque o que a Uber está a fazer é competição desleal. Um taxista precisa de ter carta de profissional, está obrigado a licenças diversas, tem que realizar inspecções automóveis específicas e paga diversos impostos sobre a sua actividade comercial. A nada disto está a Uber sujeita. É apenas uma mundialização do trabalho precário, sem os encargos a que os restantes estão sujeitos. Se a Uber quer estar no negócio, tem que jogar pelas mesmas regras que estejam em vigor para o transporte de passageiros.

Mas também não apoio os taxistas por causa dos diversos truques que praticam para enganar os clientes. O mais recente deles consiste em ter carros nos aeroportos que têm lotação superior a quatro lugares e que, por isso, são bem mais caros. É vê-los nas chegadas na Portela, por exemplo, às vezes em igual número aos restantes táxis de quatro lugares, a levarem um único passageiro e sem que este seja avisado de que irá pagar mais do que o que precisa pelo serviço. Sim, está um discreto aviso colado na vidro do carro. E quem não lê, azar. É isso, não é, ó xicos espertos dos truques? Eu quando me calha um desses na rifa, simplesmente digo que não vou e chamo um carro normal. Ainda não houve uma única vez em que não fosse mal tratado por o fazer.

Os taxistas

taxi

Por norma, faço um esforço para fugir às generalizações, nem sempre conseguido, pelo que passo a concretizar desde já. Há um considerável número de taxistas nos aeroportos que praticam esquemas para cobrarem bastante mais dinheiro ao cliente do que aquele que normalmente seria devido e não me refiro apenas ao velho truque de fazer um percurso cheio de desvios só para cobrar mais quilómetros. [Read more…]

Táxis e taxinhas

O governo vai lançar uma taxa sobre os táxis nos aeroportos. A medida está a ser negociada pelo Ministério da Economia, tutelado por – pasme-se – António Pires de Lima, o humorista das taxas e taxinhas.