Uma aventura na rua Sésamo (II)

Isabel Alçada – a mentira começa no próprio nome

 

Começa mal, a nova Ministra da Educação Isabel «Alçada».

Primeiro, mentiu descaradamente sobre o convite para o Governo – obviamente que não foi feito na véspera, mas sim muitos meses antes. Ana Maria Magalhães, colega de escrita, confirma-o explicitamente quando refere que aceleraram a escrita do último livro da colecção «Uma Aventura», dada a perspectiva de ela poder vir a ser Ministra.

Depois, vem a mentira do nome. Como já li por aí, deve ser a primeira vez que um Ministro é conhecido pelo pseudónimo e não pelo nome verdadeiro. Neste caso, Maria Isabel Girão de Melo Veiga Vilar. Claro que dá jeito em termos comerciais, não é?

Pelo menos, não mente no «curriculum», como fazia a outra. Foi professora do 2.º ciclo e assume-o sem vergonha. Sempre achei que fazia falta no Ministério da Educação alguém que soubesse como realmente funcionam as escolas portuguesas.

 

 

 

Isabel Alçada: Um «post» óbvio

 

 Será que Isabel Alçada já estava a pensar neste dia quando escreveu «Uma Aventura na Casa Assombrada»?

E qual será a alma penada que vai assombrar aquela casa de má fama a partir do dia de hoje?