O direito de escolha


também se aplica à escolha de habitação? Eu queria ter um cantinho na Quinta da Marinha. Será que a Igreja luta comigo por esse direito?

Comments

  1. Ana A. says:

    Já eu, que sou mais modesta, queria o direito de escolher uma habitação que não levasse o salário de um dos cônjuges, apesar de humilde. Não é pedir muito, pois não? Que os arrendamentos deste país acompanhassem a lógica dos salários e das pensões! Ou, então o inverso: que os salários e as pensões nos garantissem o direito constitucional da habitação!

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Alterar )

Connecting to %s