Obrigado, João Semedo

O João Semedo era, para mim, um farol e uma inspiração. Um dos poucos que, nesse charco de mediocridade em que se transformou a política portuguesa, mantinha acesa a minha esperança de um futuro melhor. Lutou contra o fascismo, foi preso pelo fascismo, lutou pelo Estado Social e terminou os seus dias a lutar por mais e melhor SNS e pelo direito à escolha de morrer com dignidade. Lutou por quem precisava, apesar de não precisar. Sim, João Semedo não precisava da política. João Semedo era um excelente médico, com provas dadas, mas cedo abdicou do conforto do seu estatuto para se dedicar às suas causas e convicções. Foi um parlamentar de excelência, como poucos se podem orgulhar, e combateu com elevação, sem nunca perder a objectividade, sem nunca se vergar, sem nunca se render.

No dia em que partes, João, agradeço-te por me teres representado e por nunca me teres desiludido. Pela tua inetgridade e dedicação desprendida à causa pública. Pela tua simpatia e gentiliza, que todos os que te conheceram, independentemente das suas convicções, reconhecem. Pelo amor à liberdade plena e pela tua inflexibilidade quando estavam em causa os direitos humanos e a paz. Obrigado por me fazeres acreditar, como escrevi, a propósito, há três anos, que os políticos não são todos iguais. Tu eras a prova disso. Descansa em paz.

Comments

  1. Carlos Almeida says:

    Muito obrigado também João Mendes, por esta palavras.
    De facto, ” os políticos não são todos iguais. Tu eras a prova disso. Descansa em paz.”

    Obrigado João Semedo

  2. Ernesto Martins Vaz Ribeiro says:

    Do belíssimo post aqui colocado ressalvo uma frase que diz tudo:

    ” (…) agradeço-te por me teres representado e por nunca me teres desiludido (…)”.

    Fazem falta nesta política pessoas com a coerência e sentido de dever público e de Estado como os manifestados por João Semedo.

    Descanse em paz e obrigado.


  3. Partilho, … pq. não saberia exprimir tão justamente sentidas estas suas palavras, João Mendes, eu que sinto por João Semedo igualmente um enorme apreço e consideração .

    Esta elite de homens bons e íntegros que partem e nos deixam mais sós à beira deste ” charco de mediocridade” que refere .

    Que seja sempre lembrado como um exemplo !

Trackbacks


  1. […] João Semedo, alguém que eu conhecia de alguns encontros, mas que me lembro 3 ocasiões muito distintas. A […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.