Hipocrisia política e especulação imobiliária – conclusão

Afinal era tudo uma campanha orquestrada e demitiu-se. Em termos políticos Ricardo Robles pertence ao passado, o BE é afinal um partido igual aos outros. Só isto, nada mais está em causa…

Comments

  1. Antonio Costa says:

    Uma vergonha

  2. Antonio Costa says:

    Cambada de corruptos

    http://www.jornaleconomico.sapo.pt/noticias/ricardo-robles-falha-prazo-legal-para-comunicar-obras-as-financas-339388

    «Os contribuintes têm 60 dias para comunicar ao Fisco as mudanças que valorizem o imóvel e agravem o valor a pagar de IMI, mas Ricardo Robles só o fez quase um ano depois.»

  3. Antonio Costa says:

    Arnaldo Matos é que sabe

    https://www.noticiasaominuto.com/politica/1056837/o-be-e-o-partido-acabado-de-todos-os-oportunistas-diz-arnaldo-matos

    “o BE não é um partido comunista, não é um partido socialista, não é um partido de trabalhadores: é um partido capitalista, oportunista, reacionário”
    “Agora já sabem qual é a verdadeira ideologia de Louçã, Rosas, Mário Tomé e de toda a escumalha do Bloco: a ideologia dos especuladores imobiliários, dos reaccionários sem escrúpulos, dos exploradores disfarçados de anarquistas, trotsquistas, albanistas e revisionistas”

    • ZE LOPES says:

      Então V. Exa. lá encontrou no alguém para corroborar as suas doutas opiniões! É o que dá ser um verdadeiro especialista em esterco! Aliás, como já aqui disse, V. Exa. dá-se no esterco como peixe na água. E que difícil não deve ser nadar em tal ambiente!

      Arnaldo de Matos…a classificar os outros? Ah! Ah! Ah! Ahhhhh! Ai que não posso mais! Feliz natação!

    • José Peralta says:

      António Costa

      E já perguntou ao Arnaldo Matos, se o MRPP ALGUMA VEZ FOI UM PARTIDO DE TRABALHADORES ?

      Então…pergunte !

  4. ZE LOPES says:

    Tchauzinho e até ao próximo hipócrita! Almeida, o Leão Liberaleiro Moraleiro e Caçador de Hipócritas vai a banhos…

  5. Carlos Almeida says:

    Assim é que eu gosto.

    O “camarada Arnaldo de Matos, grande educador da classe operaria e do povo trabalhador” ao lado do Topo Gigio, comentadeiro profissional no Laranja Canal, do Balsa Mamão.

    A reboque vêem os Antonios

    Como dizia o outro Antonio, conhecido também pelo “Botas”

    A Bem da Nação

  6. Paulo Marques says:

    A seguir, uma candidatura a Oeiras.

  7. Mário Reis says:

    Este caso é bem o exemplo de como a politica é uma causa nobre, e que são poucos a abarcar o seu exercício imbuídos por um interesse comum e serviço público. Eu próprio exerci e exerço durante mais de 35 anos dentro deste espírito e em estrita lealdade com os que comigo debatiam e decidiam o que fazer.
    Mistura-se tudo. Por pura ignorância e má-fé de quem está a dançar de felicidade ao som do ‘são todos iguais’. O resto, para o AA e os crentes na suprema liberdade individual de comprar e vender sem limites, não interessa. Não interessa que eu ao vender a minha casa seja tributado sobre 50% do ganho, e os especuladores, os que ‘investem’ centenas de milhões de euros muitos deles gerados no mundo do crime (vindos da droga, do trafico de armas, de seres humanos, etc.) e/ou ‘legalmente’ livres de impostos, sejam lavados e alavancados por um estatuto dos beneficios fiscais que apenas taxa em 5% os ganhos da especulação. Mas isso não interessa: por fé na tal ‘liberdade individual’ por ignorância e/ou absurda estupidez.
    É certo que estas regras do jogo são as do circulo inspirador ‘em mercados livres’, com as quais a direita e um certo PS concorda. É certo que é difícil não encontrar entre essas pessoas inspiradoras, um único dos seus que não esteja metido na lama até ao pescoço. É certo que isto, hoje, representa festa e vitória para gente mesquinha e labrega que crê o privado e a livre iniciativa sem regras (a selva) como a solução.
    Conheço muita gente próspera, que não contradiz os valores que defende, mas ao mesmo tempo estou careca de conhecer outros , defensores acérrimos da livre iniciativa privada, muitos servindo-se do Estado em vez de servir o Estado, gente sem ética e princípios que pululam pela direita e pelo centro, sem renunciar aos cargos e funções, e pior, sem que nada de sancionatório lhes aconteça. Imagino que AA não vai deixar passar mais a oportunidade, para os denunciar até que renunciem, até que sejam julgados e paguem pelas ‘livres iniciativas’.
    A falta de carácter é um problema nativo e cultural do portugal salazarento que ainda perdura na sociedade. Se outros fizeram o mesmo não é razão para baixar os braços. Há muitos que dignificam e continuam a exigir um mínimo de decência principalmente aonde mais precisamos, na Política.
    Percebia-se por isso a conclusão bem antes de a tirar: meter tudo no mesmo saco! Um post que revela uma grande dose ignorância e sacanice:
    1.º pelo falsificado episódio do António Filipe em paralelo com o caso do Robles. Triste, mas esclarecedor.
    2.º por não ser capaz de encontrar nas gentes que perfilham as ideias que tão robustamente inspiram AA o caminho que tardiamente o Robles seguiu.

  8. António de Almeida says:

    Não interessa que eu ao vender a minha casa seja tributado sobre 50% do ganho, e os especuladores, os que ‘investem’ centenas de milhões de euros muitos deles gerados no mundo do crime (vindos da droga, do trafico de armas, de seres humanos, etc.) e/ou ‘legalmente’ livres de impostos, sejam lavados e alavancados por um estatuto dos beneficios fiscais que apenas taxa em 5% os ganhos da especulação.

    Eu defendo impostos mínimos para todos…

    • Mário Reis says:

      E eu defendo Sol 24 horas por dia, não muito quente de preferência…

      • Mário Reis says:

        E também defendo a repartição da ‘riqueza’ por todos…

    • Carlos Almeida says:

      Eu também defendo Sol na eira e chuva no nabal.
      E ja agora que me esquecia.
      Que o salário médio de um trabalhador por conta de outrem seja apenas 45 x mais baixo que o ganho diario do Mexia da EDP: Segundo o JN, Mexia ganhou 5,5 mil euros por dia na EDP em 2016

      https://www.jn.pt/economia/interior/antonio-mexia-recebeu-138-milhoes-de-euros-em-remuneracao-da-edp-5729899.html

    • ZE LOPES says:

      “Eu defendo impostos mínimos para todos”…Ora bem!

      “Mínimos”? Ora que novidade! Quais, quando e de que valor? Vá lá! Não seja desonesto! Diga que impostos e para quê!

      Já agora: espero que V. exa. nunca tenha trabalhado para o Estado, nem lhe tenha vendido ou prestado bens ou serviços (incluindo “serviços militares” e quejandos)! Nem alguém para quem tenha trabalhado! Nem para quem tenha trabalhado para quem tenha trabalhado no Estado ou para o Estado! Ou trelaremos aqui mais um “hip!, hip!, hip! ócrita!”.

      • António de Almeida says:

        Trabalhei para o Estado no SMO (serviço militar obrigatório), tempo suficiente para ser contra a sua existência. Também enquanto funcionário de empresa privada, negociei com o Estado ou empresas públicas, uma verdadeira imundice, que felizmente hoje me passa bem ao lado…

        • ZE LOPES says:

          Não diga mais nada! Compreendemos perfeitamente! Nem um liberteiro de alto coturno consegue ser prefeito!

          Como penitência, deveria V. Exa. ler as obras completas de João Carlos Espada. E não sei se seria suficiente!

  9. Maria says:

    BE xau
    Be Xau
    Be Xau, Xau Xau…
    Foscasse o meu voto jamais irá de novo para estes filhos da puta, mais vale votar no Arnaldo de Matos

    Maria

    • Paulo Marques says:

      Vá lá votar em submarinos, tecnoformas e tgvs, o seu banco agradece.

  10. Maria says:

    Mario Reis,

    Eu defendo que gajos burros deviam ficar calados para não revelarem o seu QI.

    Maria

    • José Peralta says:

      Pois, Maria ! E porque é que você…NÃO FICOU ? Que grande oportunidade que perdeu !!!!!

      Sobre QI, (o seu !!!) estamos conversados ! E parece-me que você votou no BE, uma ova !

      Deu-lhe jeito, para aqui vomitar a sua verrina !

      É bom que diga “xau” ao BE ! Vote no Matos, esse grande democrata, que depois de uma grande hibernação na Madeira, lá acordou, e voltou ao Continente, para reocupar o seu lugar de “grande educador” daquela meia dúzia de… “marias”, depois de afastar o Garcia Pereira ! Fazia-lhe sombra… …

      “Desde que resolvi denunciar os patifes que encabeçam a corrente pequeno-burguesa reaccionária dos liquidadores, já recebi – e recusei liminarmente – 11 convites de diferentes órgãos da dita comunicação social para entrevistas, incluindo cinco convites do Grupo Cofina, três da SÁBADO. A SÁBADO da semana passada concedeu à família Garcia Pereira, a Domingos Bulhão, à sobrinha Sandra Raimundo e ao desgraçado Alberto da Damaia a capa da revista e sete folhas profusamente ilustradas, onde a canalha pôde vomitar o seu ódio aos comunistas, à classe operária, ao PCTP/MRPP e à revolução portuguesa.” (Arnaldo Matos in “Luta Popular”)

      Como é que este idiota frustrado, um burguês “de fato, colete e gravata” formado em Direito, que nunca sujou as mãos de óleo, ou as calejou com o cabo de uma enxada, tem o descaramento de ser mais fundamentalista do que o PCP, (aliás, no pós 25 de Abril, alvos de ataques mútuos) e falar em “ódio aos comunistas, e classe operária”…

      Não foi para a cofina ? Recebeu e recusou 11 convites da “corrente pequeno burguesa reaccionária dos “liquidadores” (?).

      E escolheu… o Balsemão ! Entre os dois vejam “as diferenças”…

      Tão estúpido ou tão àvido da exposição pública perdida, que não percebeu que afinal, “eles” o que querem é divertir-se e divertir ouvintes e espectadores à custa do seu discurso alienado, bafiento, senil e ultrapassado !

      Xau…Maria !

  11. Zé Pestana says:

    Cambada de totós.

  12. joaquim henrique coimbra rodrigo says:

    Comentar com este calor corre-se o risco de «delírio» que é um estado de alma que indicia doença! Com estes políticos e esta politica duvido muito que se possa esperar melhoras para esta mais que moribunda democracia. Andam todos a tratar das suas vidinhas e estão-se nas tintas para o Povo e para o país. Vaidoso, arrogantes e vazios assim são a maioria dos nossos políticos.