Vaidades

“Marcelo faz discurso contra fecho de fronteiras e pede união contra alterações climáticas, assim titula o PÚBLICO. Simultaneamente, o Presidente anda a espalhar spin sobre uma suposta visita de Trump a Portugal, a convite do próprio. Alguém que avise Marcelo sobre Trump ser a antítese daquilo que ele defende.

Comments

  1. Ernesto Martins Vaz Ribeiro says:

    Pelo sim, pelo não, Marcelo e C&A já desinfectaram as línguas para poderem lamber bem o rabo em segurança do rapaz alto e louro, caso venha a Portugal.
    Eu nunca vi gente tão reles… Verdadeiros capachos, gente sem vontade própria, despersonalizados e sobretudo sem memória e sem vergonha.

  2. Julio Rolo Santos says:

    A América não é o Sr. Tramp mas, como presidente eleito, deve-a representar dentro e fora do país. Portugal tem relações políticas e económicas com a América e, nesse sentido e por razões de cortesia, o Sr. Tramp vem a Portugal, a convite do nosso Presidente da República, para tratar de assuntos económicos, conforme tem sido divulgado na imprensa. Outros Presidentes americanos já o fizeram antes, não vejo o porquê de tanto alarido no Aventar. Se nos abstivermos de preconceitos políticos talvez possamos ver esta visita como um acontecimento natural. Eu não estarei lá a bater palmas mas torço para que tudo corra pelo melhor.

    • Ernesto Martins Vaz Ribeiro says:

      Júlio Rolo Santos.
      A postura e o discurso de Trump (Tramp estava bem melhor, estou de acordo consigo) é a antítese do sistema democrático que nasceu na Europa há quase 3000 anos.
      O Sr. Trump só ensina quem nada sabe, pois ele nada tem a ensinar. Confunde poder com governação e justiça.
      Esta gentalha do nosso governo deveria ter VERGONHA de se fazer a um convite como aquele a que assistimos.
      Haja decência e coerência, no que dizemos e fazemos.
      Saiba que há valores que, no dia em que os alijarmos, passamos a irracionais. Trump, já lá está. Eu prefiro ficar deste lado…


  3. …petit à petit l´oiseau marcelo fait son nid !

    ) …era bisto !!

  4. Paulo Marques says:

    Espero, no mínimo, que lhe peça a conta pela base das Lajes – o homem gosta que a NATO seja paga, certo?
    Quanto às fronteiras, o nosso populista escusava de aldrabar é exagerar para o absurdo, mas a eurofilia é tramada.

  5. j. manuel cordeiro says:

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.