Negar sempre, até ao fim

“Infiel, eu?! Jamais”, exclama o marido apanhado de calças na mão pela esposa. Negar, mesmo perante a evidência. Admitir é reconhecer que se errou. Negar sempre, até ao fim.

Imagem: Expresso

 

Comments


  1. ….enquanto estes faits divers politiqueiros tugas despertam horas de noticiários enfadonhos e discussões em redes socias assanhadas ad nauseam,
    o desastre da NOSSA Amazónia e do mundo, aqui tão perto :

    «A Amazónia é a maior floresta tropical do Mundo e dela depende o que resta de equilíbrio ambiental no planeta.
    Alberga um terço da biodiversidade mundial, para além de povos indígenas milenares que são a principal barreira à devastação da área florestal amazónica.
    Hoje, mais que nunca, estão ambos em risco. Indígenas e floresta sofrem a mesma ameaça do agronegócio e da exploração mineira do Brasil.

    Os alertas sucedem-se. Um editorial do jornal britânico “The Guardian” deste mês pedia uma tomada de ação da Europa, enquanto dava conta da escalada da desflorestação: julho será o primeiro mês em cinco anos em que o Brasil perde uma zona florestal equivalente à área metropolitana de Londres. E muita desta atividade está a acontecer em reserva indígena, à medida que o Governo brasileiro legitima esta devastação. Não é por acaso que o presidente de extrema-direita, Jair Bolsonaro, retirou a delimitação destas reservas à Fundação Nacional do Índio para a entregar o Ministério da Agricultura. Não é por acaso que as instituições e ONG de proteção ambiental estão a ser desmanteladas por falta de fundos e as inspeções oficiais reduzidas em 20%. Não é por acaso que o número de produtos agrotóxicos legalizados disparou desde 2015.

    E também esta semana a relatora especial da ONU para os povos indígenas, Victoria Tauli-Corpuz, denunciou a violência das ocupações das terras indígenas por exploradores ilegais de minério, legitimadas e incentivadas pelas posições do Governo de Bolsonaro. Estas declarações foram motivadas pela denúncia, por índios Wajãpi, do assassinato do seu líder, Emyra Wajãpi, na sequência de um ataque à aldeia Mariry.

    A Amazónia não é o quintal de Bolsonaro. O que está a acontecer no Brasil é assunto nosso também. A destruição de povos indígenas e de património da Humanidade é assunto nosso também. É de toda a gente.

    Termino com as palavras de Tauli-Corpuz: “Espero que países da Europa que fecharam esses acordos comerciais relembrem ao Brasil as suas responsabilidades e compromissos com os direitos dos indígenas, assim como com a proteção da Amazónia. A proteção da Amazónia não é apenas um assunto do Brasil. Mas para todo o Mundo”.

    Está em curso uma matança. Vamos ficar a assistir?»

    Mariana Mortágua
    .
    N.B. !
    A Amazónia não devia pertencer aos países que a detêem. ! É de todos nós, devia pertencer à ONU !


    • Não, não devia pertencer “a todos nós”. Cristovam Buarque explicou-o muito bem há 17 anos.

      https://sarin-nemlixivianemlimonada.blogs.sapo.pt/amazonia-lutar-com-unhas-e-dentes-pra-97621

      E não, não são fait divers – pode-se e deve-se olhar para os muitos problemas, não apenas focarmo-nos numa questão. E esta questão das falsas golas e todas as muitas questões com elas relacionadas são, todas, questões de cidadania.

      https://sarin-nemlixivianemlimonada.blogs.sapo.pt/inqualificavel-desclassificavel-97939

    • A.Serpa says:

      Esta Isabel (A Vermelha)
      é tão descarada que dá pena.
      Pessoas desta estirpe , quando se detecta corrupção nos socialistas aqui (como sempre) olha para ali, para os Socialistas da ONU.
      Tenta disfarçar com … qual é o tema que serve para disfarçar todo o mal trazido pelas ideologias Marxistas ?
      Claro o Clima ( nos anos 80 era o buraco do ozono) esse inimigos Universal que todos temos que lutar . Temos que nos unir Internacionalmente, para lutar contra o fim do Mundo que o Capitalismo cavou. Temos que “desdesenvolver”, temos que reduzir o nosso nível de vida pois nesse igualdade na miséria o seu ideal de Igualdade será atingido. E claro com o Governo do Politburo da ONU.
      E tem que ser com o auxilio da ONU, tem que ser ao nivel global pois caso contrário os povos notam a diferença. Não pode ser cometido oo erro cometido pela USSR que em 40 anos, se as viagens ao estrangeiro não fossem controladas ficariam sem população , que não valorizava as “vantagens do Comunismo”.
      Lunática…

      A.Serpa


      • Quando o argumento entra no vós liberais (geralmente apenas liberais na economia) vs vós marxistas (este Marx, pela confusão que lhe atribuem, está mais para Groucho que para Karl), denuncia a pouca objectividade de quem assim discute. Paradoxalmente, esta pouca objectividade está focada apenas num ponto: a crítica do outro, não a discussão.
        Talvez porque politicamente seja tudo o que lhe resta. Uma pena.

      • abaixoapadralhada says:

        Tens pinta de ser bandido brasuca e fascista. Não há discussão com fascistas

      • abaixoapadralhada says:

        O Serpa (O Nazi)

      • Paulo Marques says:

        A Isabela pode estar erradamente a desprezar os problemas locais, mas dizer este mês que o clima está bom só porque está agradável aqui no burgo.é de uma ignorância atroz.
        Quando à “igualdade na miséria”, quem dera ao Estaline ser tão eficaz como o FMI, a comissão europeia e os seus idiotas úteis espalhados por todo o mundo.


        • Paulo Marques, somente por uma questão de verdade e rigor, quero corrigir afirmações suas atribuídas erradamente a Isabela !!! ????
          ?????????????????!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
          ” A Isabela pode estar erradamente a desprezar os problemas locais, mas dizer este mês que o clima está bom só porque está agradável aqui no burgo.é de uma ignorância atroz.
          Quando à “igualdade na miséria”, quem dera ao Estaline ser tão eficaz como o FMI, a comissão europeia e os seus idiotas úteis espalhados por todo o mundo. ”

          Para além do texto transcrito da Mariana Mortágua, aonde é que essa Isabela inventada por si e… ” de uma ignorância atroz” (!! ) afirmou coisas tais que lhe atribui ??
          Qual o engano ou quiçá a má fé de alguns afinal neste espaço ?

          Estamos a lidar seriamente em cidadania num mínimo de honestidade e respeito e inteligência, ou o Aventar cai mesmo em vir a ser um lugar comum mal frequentado de onde nos despediremos desiludidos e sem pena ?
          É que há mar e mar, e outras águas limpas aonde remar !


          • Penso que subentendeu a resposta, Isabela – o “bom clima” não seria resposta para si mas para quem disse havê-lo.

            Assim como colocar des-likes nos comentários que supõe serem-lhe desfavoráveis não faz justiça ao artigo que copiou e à inteligência que reclama na discussão.

          • Paulo Marques says:

            Como diz o Sarin, a conspiração climática é argumento do Serpa.
            Digo que está errada em mudar a conversa porque estamos a falar de personagens que se borrifam para o bem comum; deixando-as à vontade a governar para o umbigo, não me parece que mexam uma palha para impedir o ecocidio, que nada faria para a carteira.

      • E o burro sou eu ? says:

        Vai-te embora de Portugal, brasuca Serpa.
        Fora, fora com o lixo br

  2. Rui Naldinho says:

    “Negar sempre, até ao fim”

    Não sei porquê, mas lembrei-me do Sócrates!

  3. Anonimus says:

    Eu acho que quem fica mal são o Rio e a Cristas. Muito mal em toda esta história, têm algo a esconder. Demissão já!!!
    Demissão!!
    Abaixo o Rio.
    Fora a Cristas.
    Qual era o assunto o, mesmo?

  4. JgMenos says:

    A matilha socialista mostra as suas cores.
    O orçamento é o mercado.
    A política é para totós.

  5. JgMenos says:

    A negação no infiel tem um sentido: manifestar que a traição não apaga o interesse, o carinho, o querer manter uma relação.
    ‘Nem com uma fogueira aos pés’ dizem os que conhecem o valor da mensagem.

    No serviço público a mensagem é tão só cínica, filha da puta!

  6. EAzevedo says:

    Golas, golas, golas, golas, golas…
    Incêndios, Incêndios,Incêndios,Incêndios,Incêndios…
    O entusiasmo que para aí vai.

  7. António Serafim says:

    • abaixoapadralhada says:

      Sr Serafim

      O Topo Gigio sempre foi e há de ser um vígaro profissional.
      Mas perfeitamente adequado ao Laranja Canal propriedade do Dr Balsa Mamão, militante numero 1 do PPD.
      Não há surpresas no orgão oficial daquele partido

  8. Raúl Lopes says:


  9. Penso que subentendeu a resposta, Isabela – o “bom clima” não seria resposta para si mas para quem disse havê-lo.

    Assim como colocar des-likes nos comentários que supõe serem-lhe desfavoráveis não faz justiça ao artigo que copiou e à inteligência que reclama na discussão.

  10. Anonimus says:

    Isto de quererem levar as leis literalmente… não pode ser.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.