Fake news, Expresso?

jb.png

via Expresso

Bolsonaro surpreende com cocó e prisão para jornalistas“? Mas surpreende quem? E com o quê? Com o cocó não é de certeza, que se há coisa que Bolsonaro faz bem, é dizer e fazer merda. Com ameaças de prisão para jornalistas também não deve ser. Fascista que se preze não tolera a liberdade de imprensa e pune exemplarmente os prevaricadores. E o nazi paulista não se cansa de os avisar. Junte-se-lhe o fundamentalismo religioso, e não se admirem se um dia destes descobrirem que um jornalista brasileiro foi fatiado a mando do ayatollah do Whatsapp. As parecenças deste Brasil com a Arábia Saudita não se esgotam no nepotismo e no espírito totalitário.

Comments

  1. JgMenos says:

    Não li mas não me admiraria num tosco que sucedeu a corruptos.

    Mas quanto a jornalistas sempre se coloca uma evidência: há-os com uma clara agenda política, com fake news como ingrediente no processo.

  2. JgMenos says:

    A cena do nazi a propósito de coisa nenhuma é um indicador da cretinice impante que só revela que à comunada sempre convém invocar o único mal que é geralmente aceite exceder o que lhes é próprio.

  3. Anonimo says:

    Ainda bem que o Passos Coelho já não é PM. Agora temos alguém com eles no sítio. Acabo de ouvir na TV que os grevistas que não cumprirem a requisição civil vão levar “Bordoada”.
    Assim vale a pela ter geringonça.

    Anonimo

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.