DGS falha no jogo B SAD vs Benfica

De nada adianta arremessar culpas clubísticas para os clubes intervenientes ou para a Liga de Futebol. O assunto é bem mais grave!
A DGS e a sua estrutura de saúde pública, responsável por impor quarentenas e isolamentos profilácticos nos casos previstos nas suas normas e regras, falhou gravemente ao não isolar todos os jogadores e equipa técnica do B SAD, uma vez que, treinando juntos, jogando juntos, seria exigível, no mínimo, o isolamento profiláctico.

Não adianta sacudir a água do capote! Como há pouco disse a Sra. Dra. Graças Freitas, diante da situação, deve prevalecer o princípio da precaução. Ora foi exactamente esse princípio que, neste caso, a DGS não observou.

Comments

  1. Alexandre Barreira says:

    ….estão mais preocupados…..com o “negócio”……o povo é sereno…..e bate palmas……!!!!

  2. Paulo Marques says:

    A DGS não tem competência para impedir contractos.
    Já quanto a calabotes, perdão, capotes…

    https://www.record.pt/futebol/futebol-nacional/liga-bwin/benfica/detalhe/acordo-entre-belenenses-sad-e-benfica-salda-divida-por-negocio-de-reinildo

  3. Será mentira? says:

    se calhar a DGS recebeu instruções da Secretaria de Estado do Desporto, gerida por um garoto ao que dizem dos “diabos vermelhos”, que como sabemos é a casa do SLB no governo, para esta (a DGS) não interferir, criando assim a possibilidade de poder haver (como tal aconteceu) uma goleada histórica “à Benfica” que ficou afinal por 7 – 0 mas que poderia ter atingido valores estratosféricos, e quem sabe dar o melhor marcador do século e mais um campeonato ao clube do atual governo. Infelizmente o Belenenses, contrariando as intenções dos seus responsáveis, roeu a corda e criaram condições para que o jogo acabasse a meio.

  4. Tumas says:

    As mafias do futebol ( ligas etc) não tomam decisões a tempo e depois a culpa é da DGS

  5. antero seguro says:

    Tudo cozinhada para mais uma vitória desta vez estratosférica da melhor equipa do mundo e arredores que ficou afinal por 7-0 não fora a inteligência dos jogadores em terminar o massacre anunciado. Tudo isto com a conivência da DGS se calhar instruída pela Secretaria de Estado do Desporto que como sabemos parece uma espécie de casa do SLB no governo.


  6. Ironia, só pode…
    Eu não percebo nada da bola mas culpar a DGS por isto só pode ser para rir…

  7. Luís+Lavoura says:

    Portanto, o Carlos Araújo Alves é favorável a mais proibições, mais constrangimentos ao funcionamento da sociedade, menos direito ao trabalho, menos liberdade.
    Fico esclarecido.

  8. POIS! says:

    Pois eu acho…

    Que o autor do post tem muita razão.

    A DGS devia ter uma bolsa de jogadores disponíveis para substituir os que tivessem COVID.

    Assim, tipo, aquela equipa dos jogadores desempregados que tem o Sindicato dos Jogadores.

    Aliás, o caso já era conhecido há bastante tempo. Não há desculpa para não se terem tomado medidas.

    Basta dizer que o B SAD já tinha perdido nove letras no nome devido ao COVID. Letras essas que, coitadinhas, continuam nos cuidados intensivos, ligadas às máquinas.

  9. Carlos Araújo Alves says:

    Relativamente aos comentários que recebi e agradeço, saliento um do Francisco Miguel Valada que disse, e bem, que não é profilático, mas sim profiláctico.
    Por ser a favor, corrigi o que o mestre lembrou.

  10. Romualdo liberal says:

    Por uma questão de coerência não está na altura de uns textos sobre a operação cartão azul?!

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.