Feliz Dia da Visibilidade Bi!

Hoje é um dia muito importante para mim e para todas as pessoas bi, sejam estas mulheres, homens, pessoas não-binárias, mulheres e homens trans.

O Dia da Visibilidade Bi é um dia de luta e conquistas que poucos querem ouvir falar ou se lembram que existe. Eu lembro-me, não só hoje, como todos os dias. Lembro-me porque nem todas as conquistas foram devidamente alcançadas, principalmente, o acesso ao trabalho e à habitação, bem como a desconstrução de preconceitos e de estigma que as pessoas bi vivem diariamente, no seio das suas famílias, amigos, conhecidos, escola, trabalho e da sociedade em geral. Ainda há pessoas que pensam que a bissexualidade é uma fase ou que é uma questão flexível de escolha entre um género binário. Não é.

Nos dias de hoje, em que celebro alegremente a minha sexualidade, sentada no banco de privilégio de mulher branca e bissexual, dou por mim a pensar na quantidade de pessoas que não têm um espaço seguro para afirmar ou assumir a sua identidade e orientação sexual. Penso na quantidade de países em que a homossexualidade é crime e, portanto, ilegal. Penso nos/nas jovens que são excluídos, humilhados, perseguidos e inferiorizados pelas próprias famílias, quando assumem a sua sexualidade. 

O caminho da desconstrução ainda é longo e moroso. E até lá, lutarei ao lado de todas as pessoas que querem fazer esta batalha de desconstruir-se e desconstruir o mundo.

Feliz Dia da Visibilidade Bi!

O novo “normal”

As alterações climáticas e os fenómenos naturais extremos, como as cheias na Alemanha, Itália e na China, as ondas de calor no Canadá e nos Estados Unidos que chegaram a atingir temperaturas de 50°C e a provocar milhares de incêndios, têm-se multiplicado à escala global, deixando clara a necessidade da emergência climática e de um plano mundial para a efectiva redução das emissões dos gases de efeito de estufa, da protecção, conservação e recuperação dos ecossistemas terrestres, aquáticos e espécies animais, bem como da transição para modelos ecológicos e sustentáveis que protejam todos os seres existentes na Terra e nos preparem para lidar com fenómenos naturais adversos.

“A década de 2011 a 2020 foi a mais quente que alguma vez se registou, tendo a temperatura média mundial atingido, em 2019, 1,1 °C acima dos níveis pré-industriais. O aquecimento global induzido pelo homem aumenta atualmente à taxa de 0,2 °C por década.” Citado do texto sobre o aquecimento global, no site oficial da União Europeia.
[Read more…]